BELEZA
O Boticário se une a Pedro Sampaio e lança beat exclusivo para a chegada de Egeo Dolce Colors
INTERVIEWS
COLUNA #114 LIFE STYLE – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE
BELEZA
Natal do Boticário tem mais de 80 opções para presentear
13 de janeiro de 2021

O Boticário se une a Pedro Sampaio e lança beat exclusivo para a chegada de Egeo Dolce Colors

Se liga nessa novidade! Para anunciar seu lançamento, o Boticário escalou ninguém menos que Pedro Sampaio (@pedrosampaio), o DJ, produtor e compositor, que “hittou” na internet com suas produções e hoje é considerado um dos principais profissionais em sua área. Em um beat exclusivo, Pedro buscou trazer toda a essência e diversão presente em Egeo Dolce Colors, uma releitura da icônica fragrância Egeo Dolce, agora com notas da Flor Pink Peônia e Mousse de Framboesa.

As novidades não param por aí! Em criação da AlmapBBDO, a marca preparou três filmes de 15 segundos cada que serão exibidos em seus canais. Além de Pedro, a atriz e influenciadora digital Lívian Aragão (@livianaragao) protagoniza os comerciais, que têm a estampa tie-dye como inspiração para o visual.

Para conferir o beat exclusivo, basta acessar as redes da marca (@oboticario) e dos protagonistas.

Conheça mais sobre a fragrância 

Egeo Dolce Colors chega para ampliar o portfólio de Egeo, uma das principais linhas da marca. Com pirâmide olfativa da família Floriental Frutal, o lançamento promete trazer um ar mais doce aos dias de verão, com ingredientes como Morango, Cardamomo e o Musk em sua composição. Para compor a linha, o Mousse Merengue Creme Hidratante Corporal, que possui textura leve e rápida absorção, não deixando a pele com a sensação pegajosa tem a mesma fragrância da colônia.

Clássico dos anos 1970 e 1980, e tendência durante a quarentena, o tie-dye foi revisitado pela marca e colore a embalagem da novidade. A mistura de cores remete aos elementos da fragrância trazendo uma explosão de tinta que simboliza energia positiva e otimismo – tudo que precisamos para a chegada de um novo ano!

25 de dezembro de 2020

COLUNA #114 LIFE STYLE – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

Trabalho handmade em foco

Jovem estilista alagoano, Antonio Castro, conta todos os detalhes da sua marca batizada de: Foz. Um bate-papo margeado por moda, arte e valorização do trabalho artesanal!

Alagoas é uma terra fértil para mentes criativas, e nessa nova safra de talentos o jovem estilista Antonio Castro merece posição de destaque. O interesse por moda chegou cedo para Antonio, por volta dos 15 anos ele já desenvolvia um projeto independente em conjunto com amigos para expressar suas ideias dentro desse cenário criativo.

Sempre aplicado em todas as suas atividades, não demorou muito para enxergar nessas ações um caminho para seu desenvolvimento profissional. Ainda em Maceió fez alguns cursos na área, e em 2014 foi para São Paulo cursar Design de Moda pelo Centro Universitário Senac, atualmente está fazendo pós-graduação em Empreendedorismo e Gestão pela PUC Paraná.

Entre suas experiências profissionais estão o estágio no ateliê da Fernanda Yamamoto, que aconteceu durante a finalização da coleção Histórias Rendadas, desenvolvida junto às artesãs rendeiras da técnica de renda renascença do cariri paraibano, essa vivência só o conectou ainda mais com o processo do fazer manual e também deu uma visão mais ampla do processo de construção de uma coleção e desfile dentro de uma marca de peso.

A produção manual sempre foi muito presente nos trabalhos que levam sua assinatura: “Logo após a graduação (2018), entendi que minha prioridade não era mais a moda e sim o artesanato, independente da mídia ou do veículo pelo qual ele se manifestasse”, reforçou para o Suplemento. Antonio trabalhou com Zizi Carderari no Estúdio Avelós, marca de produtos têxteis feitos em tear manual para casa, e no Projeto Sertões, onde permaneceu até o final de 2019.

Atualmente, aos 25 anos, dedica-se ao cargo de designer de produto na ONG ArteSol, atuando no desenvolvimento de peças de decoração e uso pessoal junto a grupos de artesãos tradicionais em diversas partes do Brasil. E seu mais recente projeto é a marca autoral Foz, um trabalho sensível em cada detalhe e que revela no processo a verdadeira essência da produção artesanal.

Confira o bate-papo exclusivo com esse estilista promissor para o nosso Suplemento:

Sobre a fundação do Ateliê Foz

A Foz nasce como uma manifestação do que acredito ser relevante para a produção de moda no Brasil contemporâneo, aliada ao coletivo, desenvolvida por muitas mãos e mentes que pensam e constroem uma narrativa popular, local e mestiça. É a consumação de duas paixões que até então conviviam em paralelo, a moda e o artesanato, que agora finalmente se encontram e misturam, criando possibilidades híbridas. Enxergo esse projeto como uma possibilidade de exercer aquilo que amo e ao lado de pessoas com as quais quero estar, porque acredito no trabalho delas e na manutenção desses ofícios através de outras possibilidades de produto.

É uma ideia que vem em formação dentro de mim desde meu primeiro contato com o povoado de Entremontes. Ainda lá em 2016, numa pesquisa de possibilidades do que poderia discutir no TCC, entendi que esse poderia ser um projeto construído por muitas mãos e que falasse do potencial têxtil que Alagoas guarda trazendo isso para um contexto de moda. Na época estive no povoado apenas como turista, pra conhecer o ofício dessas mulheres que mantêm viva a técnica do redendê na margem do Rio São Francisco, foi o primeiro contato que tive com esse trabalho que posteriormente se tornou parte da minha coleção de graduação, acompanhado de outras parcerias com grupos produtivos alagoanos também localizados na região ribeirinha. Foz na verdade é apenas o entendimento desse processo que levou algum tempo para amadurecer e a externalização de uma relação de amizade que se enraizou com as artesãs entremontenses, em especial com Dona Lourdes, que lidera o grupo de bordadeiras envolvidas na nossa ação. Vejo esse projeto como um tributo ao vínculo que criamos ao longo dos anos, o que acredito ser também a essência de todo trabalho feito ao lado de artesãos, que para ser genuíno requer afeto.

Os diferenciais da marca

Acredito que entender a possibilidade do artesanato têxtil brasileiro como matéria prima para a criação do vestuário é ainda um processo que engatinha no fazer de moda do Brasil. Percebo nosso diferencial como possibilidade de uma roupa simples, descomplicada, leve e arejada, pensada para o nosso clima, porém imbuída nos signos culturais e na ressignificação do artesanato, pensado e executado em outras possibilidades de produto, que não é o vestido de festa, nem a mesa posta. Nosso foco sempre vai ser o easywear, pensando em conforto, tecidos de matéria prima natural e modelagens amplas que permitem mobilidade.

Hoje é impossível pensar em uma iniciativa comercial que não esteja alinhada aos pilares sustentáveis e aos ideais de mercado justo. A minha geração vem de um contexto onde essas são questões já intrínsecas ao trabalho, especialmente em iniciativas que envolvem a mão de obra artesã, mas é sempre bom reforçar que é e sempre será nosso objetivo trabalhar de forma justa, respeitando os limites de cada profissional envolvido em nossa cadeia e atentos aos impactos que causamos no nosso entorno.

As primeiras criações

Enquanto produto, a Foz surge de uma peça específica, remanescente ainda da coleção de graduação, a bolsa Lourdes. Feita em compensado flexível de madeira que emoldura a peça de bordado boa-noite sobre tecido de seda feito em tear manual, foi a peça de cunho mais comercial da coleção e que acabou ganhando 2º lugar no Prêmio do Objeto Brasileiro promovido pelo Museu A Casa. Quando entendi o caminho que queria seguir com o projeto, soube que precisava começar por uma reedição desse produto. A bolsa Lourdes volta em nova versão na primeira coleção da Foz, agora confeccionada em couro caprino de tratamento natural (livre de metais pesados) e 100% costurada à mão, através da técnica de selaria artesanal, além de claro, emoldurar o bordado boa-noite agora feito em linho e tingido nas cores da caatinga.

Junto do acessório, nossa primeira produção conta com um modelo de camisa e camisa-vestido, ambos feitos em linho com algodão e tingidos numa cartela de cores extraídas de cascas das árvores caatingueiras, além da estampa exclusiva assinada pela artista alagoana Juline Lobão inspirada nas formas geométricas que se cruzam entre arquitetura e bordado.

Sobre a coleção de lançamento

Nossa primeira coleção será bastante enxuta e é assim que quero manter a produção pelos próximos meses. Acredito no respeito ao tempo que se leva para produzir uma peça como a nossa e, apesar de trabalharmos numa cadeia relativamente extensa, somos uma operação bem pequena, por isso todas as peças serão atemporais e, à princípio pelo menos, não trabalharemos com coleções sazonais, ou seja, todas as peças sempre estarão disponíveis, com variação de cor, tecido, estampa, bordado, etc. Neste momento de lançamento teremos dois modelos com uma variação de 7 cores e 3 desenhos de bordado, mais a estampa povoado, todas em modelagem oversized e tamanho único que compreende do 38 ao 50. As cores que tingem a coleção são extraídas de pigmentos naturais encontrados na caatinga e nosso tecido é certificado pelo selo OEKO-TEX de sustentabilidade.

A moda e o design sempre vieram de um lugar de exaltação a genialidade do criador, o que na maioria das vezes implica num produto difícil ou excludente. Aos poucos percebemos a evolução desse pensamento pra um lugar mais coletivo e consciente que entenda o uso dessas ferramentas como geradoras de impacto econômico e social. Minha preocupação nesse momento é deixar de lado minhas ambições como criador e executar o que é possível e gera desejo, mais uma vez percebo como isso volta à inspiração do que é ser popular, é poder ser compreendido e usado. Esse pode ser também um dos fatores pelo qual não tenho interesse instantâneo em trabalhar com diversos grupos Brasil a fora, talvez seja pensar um pouco em micro política e no impacto que nossas iniciativas podem causar a longo prazo. O que quero dizer é que desenvolver um trabalho perene com um grupo específico num produto possível faz a roda girar e mantém nossa pequena cadeia em movimento, com os artesãos recebendo encomendas e o projeto caminhando em direção ao que de fato é seu objetivo.

Nesse sentido, acredito que o que é interessante na nossa produção, é essa percepção sistêmica da técnica artesanal como metástase, que não reconhece fronteiras e territorialidade. O bordado boa-noite não existe só na Ilha do Ferro e o redendê não só em Entremontes. Essas técnicas são mistas, miscigenadas, viajaram milhares de quilômetros até chegarem aqui e continuam viajando pelos caminhos do Sertão através das mãos das mulheres que as realizam. Nosso trabalho é entender essa coexistência de tipologias e a possibilidade de criar novos diálogos a partir da hibridização delas, chegar a novos lugares e composições usando o conhecimento que essas artesãs detém e que é tão rico, é nisso que me inspiro.

Das inspirações

Acho que sou muito curioso sobre tudo, e realmente acredito que criatividade nada mais é do que disciplina e repertório, então sempre tento me manter poroso, especialmente a estímulos visuais que possam vir de qualquer parte. O que mais me fascina são as manifestações populares, não só falando em folclore, mas de qualquer vertente ou segmento, sou adepto da beleza ordinária, interiorana, escondida nas brechas e cantos, gosto do que é natural, simples, sem esforço, que não foi muito pensado mas existe porque é inerente à vida daquele lugar.

O entusiasmo com a brasilidade

A pureza do Brasil de dentro, longe das margens. A beleza simples do ofício de um artesão, as manifestações religiosas, a forma como um povo resguarda sua origem através de musica, dança, artesanato e culinária, o imaginário popular que transborda pra essas manifestações em formas, cores e texturas. Acho que o mais me encanta de verdade é saber que esse Brasil ainda existe e que ele é forte e genuíno, filho de muitas mães, de muitas origens e é justamente o Brasil híbrido que me fascina, porque ele gera o que há de mais original, que nenhum designer ou estilista jamais vai conseguir inventar.

Como comprar:

Pelo Instagram: @atelie.foz e Site: www.ateliefoz.com.br. Através destes dois canais é possível acompanhar nossos desenvolvimentos e adquirir nossos produtos.

Nosso Suplemento deseja vida longa para a marca Foz. A identidade estética desse projeto capitaneado por Antonio Castro é verdadeiramente tocante, avessa aos clichês e ligada ao que é essencial, criações que contam histórias, carregadas do saber artesanal e lapidadas com maestria por um estilista de repertório plural e à frente do seu tempo.

18 de dezembro de 2020

Natal do Boticário tem mais de 80 opções para presentear

Adorei participar do Amigo Secreto do Boticário! Foi uma ação incrível para nos alegrar nesse ano tão atípico, demonstrações de carinho e afeto nunca se mostraram tão necessárias. E por isso que venho aqui dividir com vocês para contribuir com toda essa onda de amor que o Boticário desenvolveu sugestões de kits para presentear quem, apesar das circunstâncias, foi tão importante e se fez tão especial em 2020. Afinal, presentear é uma forma de agradecer e estar próximo.

São mais de 80 opções, sendo 33 delas exclusivas para o Natal. Tem sugestões para todos os perfis: parceiros, familiares, amigos, e, por que não, um presente para si mesmo. Os presentes cabem em todos os bolsos, com kits a partir de R$19,90. O Natal de 2020 do Boticário vai da lembrancinha, com kits encantadores como o Sabonete em Barra com fragrância exclusiva para a data, ao presentão, com os clássicos da marca em versões miniaturas e combos com os itens de maior sucesso entre os brasileiros.

As embalagens compõem o presentear, carregadas de atributos sustentáveis, o que contempla também o meio ambiente. Todas são feitas em cartão reciclado, reforçando o compromisso da marca com a sustentabilidade, trazem uma gravura especial, com grafismos impressos e tag para deixar o momento ainda mais extraordinário.

Além de demonstrar todo seu carinho com amigos e familiares, a compra de kits contribui com o futuro de jovens de comunidades carentes. Por meio do Instituto Grupo Boticário, em parceria com a ONG Recriando Raízes, o projeto Jovens em Transformação – que até o final do projeto atenderá quase cinco mil jovens de 16 a 29 anos, do Rio de Janeiro e São Paulo -, receberá cursos de capacitação em diferentes áreas, como saúde, beleza e tecnologia.

Serviço:

Os itens podem ser adquiridos sem sair de casa e com toda segurança em quatro diferentes canais: no site www.boticario.com.br, no app disponível para versões Android e iOs, por meio de um revendedor, ou ainda pelo WhatsApp, no número 0800 744 0010 – número real e seguro –. Confira as regras de atendimento e consulte a disponibilidade na sua cidade ou região no site da marca. Nas lojas físicas, o cliente é recebido com todos os protocolos de segurança.

13 de dezembro de 2020

COLUNA #113 LIFE STYLE – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

Conforto, praticidade e versatilidade são pilares que sustentam as tendências da nossa atual realidade. Para esse Natal 2020, totalmente atípico mediante o cenário pandêmico, aliar peças confortáveis e estilosas é o que há de mais cool! O Natal sempre será uma data marcante, e mesmo que seja entre familiares, a noite pede um styling especial. Lembrando que nada é regra, seguem sugestões simples para inspirar na produção do seu look natalino!

Revisite seu acervo!

Com toda instabilidade econômica que estamos vivendo, conter gastos fará parte da realidade de muitos, mas também é o momento de soltar a criatividade na montagem do look. Abra seu guarda-roupa e veja tudo que você tem. Aproveite esse momento para fazer uma avalição das suas peças e aquelas que não estiverem mais sendo usadas, faça doações e permita que a energia circule. Você pode resgatar peças que já usou, fazendo novas interpretações delas. Repetir roupa é chic e sustentável!

Vermelho X Verde

Historicamente a cor do Natal, sem dúvidas, é o vermelho. Por essa razão, muitas pessoas não abrem mão de vestir uma peça nesse tom. É uma cor super marcante e que vem carregada de simbolismo. Não gosta de vermelho, mas quer manter o clima da tradição? O verde é uma ótima opção, nas mais diferentes variações de tonalidades compõe muito bem com essa atmosfera natalina.

Compre por delivery

Evite aglomerações em grandes centros de compras. Recorra ao delivery de moda que vem sendo destaque em tempos de pandemia. O serviço especializado, personalizado e que visa facilitar o cotidiano das pessoas, chama atenção por trazer mais segurança nas compras durante a pandemia. E se possível, escolha e apoie pequenos empreendedores. Sua compra pode impulsionar sonhos!

Abuse dos acessórios

Os acessórios são itens indispensáveis no guarda-roupa porque tem o poder de transformar completamente até mesmo o look mais básico. Com os acessórios bem selecionados, você consegue deixar seu visual sempre atualizado e demonstra para o mundo toda a sua ousadia e criatividade. Eles são os melhores amigos da sua imagem pessoal, pois conseguem transmitir os traços mais sutis da sua personalidade. Minimalistas ou marcantes, escolha os que mais combinam com sua identidade!

8 de dezembro de 2020

COLUNA #112 LIFE STYLE – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

FAMÍLIA GIL

Para este Natal, a Hering decidiu celebrar a pluralidade das cores e seus diversos significados, além de reunir um time de peso para representar a importância das diversas tonalidades: a Família Gil, que por meio da arte representa a união e o amor incondicional presente em lares do Brasil afora estrelou o ensaio. A coleção vem repleta de espiritualidade e de esperança, a nova campanha da marca se inspira na simbologia, que ganha ainda mais significado na virada do ano com desejos para o futuro. Além do tradicional branco, que representa paz e tranquilidade, a cor amarela pode ser usada por quem deseja prosperidade, o verde, harmonia, e o rosa, afeição, por exemplo. Uma marca que realmente veste toda a família!

ARTE AMPLIFICADA

Para a coleção outono 2021, o diretor criativo Kim Jones escolheu colaborar com o artista e pintor norte-americano Kenny Scharf, dando continuação a seus diálogos criativos e inspiradores com personalidades pioneiras do mundo da arte contemporânea. A coleção masculina da Dior para o Outono 2021 será revelada no dia 8 de dezembro, no site oficial da marca, diretamente de um evento exclusivo que acontecerá em Pequim, na China, e que vai agitar o cenário fashion.

ELOS DO BEM!

O designer de joias Antonio Bernardo e sua equipe criaram uma joia cheia de significado para unir todos nesse momento pandêmico que o mundo vive. Foi desenvolvido um anel cujo nome é ‘Corrente do Bem’, ele é de ouro e formado por uma corrente, tem uma forma maleável e um brilho sutil que causa um encantamento. “Correntes transmitem energia e elas fluem sem obstruções. Queremos conduzir e transmitir essa energia do bem”, reforça a marca. E 100% do lucro da venda será revertida para causas sociais. No Rio de Janeiro, a renda vai ser destinada para o Instituto Dara, com o qual a joalheria já desenvolve uma parceria, outros estados também serão contemplados. A “Corrente do Bem”, pode ser comprada a partir do dia 7 de dezembro nas lojas físicas da marca ou pelo site www.antoniobernardo.com.br.

INFLUENCIADORA & INSPIRAÇÃO

A DJ e influenciadora digital sul-coreana Peggy Gou, de 29 anos, é a cara da nova campanha de sapatos femininos da Louis Vuitton. Gravada pelas ruas de Berlim, na Alemanha, a ideia da nova coleção é mostrar o dia a dia da DJ de música eletrônica, que é uma consumidora assídua da marca francesa. Com inspiração em um guarda-roupa constantemente reinterpretado, o diretor artístico francês Nicolas Ghesquière, que está à frente da parte feminina da Louis Vuitton desde 2013, cria emblemáticos estilos no padrão jacquard “Since 1854”, revisitando modelos antigos da label. A coleção está repleta de peças desejo!

4 de dezembro de 2020

REPRESENTATIVIDADE IMPORTA! Companha de Natal do Boticário traz enredo com protagonismo preto

Se ver representado (bem representado) na mídia e no entretenimento é empoderador, pois traz ênfase para a nossa existência, amplia nossas noções do que podemos ser e fazer, e desafia aquela implicação latente de que temos menos importância. Sim, o povo preto pode estar em qualquer lugar. A representatividade na mídia é mais um meio de dar espaço e voz para os grupos que não conseguem se fazer ouvir na vida real, ou mesmo que são fortemente incompreendidas e hostilizadas. A mídia é um ambiente que devemos ocupar, para que nossas vozes alcancem “a maioria” e possamos evoluir enquanto sociedade.

Hoje compartilho com vocês a campanha do Boticário, que lança olhos sobre o protagonismo preto, que essa iniciativa se perpetue cada vez mais.

Sobre o enredo: 

É década de 80. E como toda criança, o protagonista do novo filme que o Boticário apresentou, dia 20 – Dia da Consciência Negra –, também adora o Natal. Observador, o menino registra na memória as diversas imagens temáticas, incluindo os festejos em sua própria casa, e todas remetem a um mesmo padrão estético para o Papai Noel. “Com tanto Papai Noel no mundo, por que nenhum era como eu?”, questiona o garoto. Corta para 2020 e tudo o que ele desejou e acreditou ser possível lá atrás fez a diferença. Agora, ele é não apenas o protagonista do comercial, mas desta festa que compartilha e comemora o amor entre as pessoas: um Papai Noel negro.

O Boticário é uma marca que consumo e que tenho muitas memórias afetivas ligadas aos seus produtos/experiências. Mas, sem dúvidas essa me marcou muito. O comercial traz a história que compõe uma série de iniciativas preparadas pelo Boticário para celebrar o Natal de 2020.

Em uma sociedade tão desigual e excludente como a que vivemos, a mídia pode ser o maior veículo de aproximação de grupos diferentes entre si. Nesse sentido, a representatividade no cinema e na televisão exercita a nossa empatia ao fazer com que nos coloquemos no lugar de pessoas que têm experiências diferentes das nossas próprias. Sim, representatividade importa!

 

14 de novembro de 2020

New Edition: Confira todos os detalhes sobre o evento Moda Imagem

 

A moda alagoana é repleta de talentos e segue em constante efervescência. Sem dúvidas a Escola Técnica de Artes (ETA) da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) tem sido uma fonte transformadora que vem agregando e enriquecendo ao cenário fashion local. O evento Moda Imagem é uma realização do projeto de extensão Moda e Comunicação do Curso de Produção de Moda da ETA, coordenado pela Profa. Dra. Elizete Lili Menezes. Todos esses movimentos dão ainda mais força para que a capital alagoana desponte com uma fonte de criadores e produtores brilhantes.

O evento visa discutir e praticar ações relativas à produção de imagens de moda, explorando toda a amplitude que o conceito de imagem pode ter. Mediante o atual cenário de pandemia global, a 5ª edição do Moda Imagem vai acontecer no formato on-line, pelo Instagram @modaetaufal e Canal do YouTube Moda ETA. O evento vai acontecer de 23 à 30 de novembro e trará talks, painéis, vídeo-depoimentos, tutoriais, além de fashion films constituídos por profissionais externos de destaque nacional e internacional, docentes e discentes da ETA.

Esta edição também fará parte do 10º Circuito Penedo de Cinema com a apresentação dos fashion films produzidos por marcas de ex-alunos do Curso de Produção de Moda da ETA-UFAL. “Nós fomos convidados pelo professor Sérgio Onofre, organizador do Circuito, para desenvolvermos uma ação em Penedo, então convidamos 5 marcas de ex-alunos para produzirem fashion films e vamos apresentá-los dia 29 de novembro no Circuito. Tem sido uma experiência muito rica, pois estávamos mais habituados com editoriais de moda. Fazer fashion films nos revelou a complexidade e beleza que é trabalhar com o audiovisual”, nos contou a Coordenadora do Curso Lili Menezes.

No planejamento e execução do Moda Imagem estão alunos, ex-alunos e técnicos formando uma equipe de aproximadamente 20 pessoas. Além dos palestrantes e marcas locais, que somam 30 pessoas. Todos os envolvidos seguem trabalhando para que tudo saia conforme foi idealizado.

Sobre o crescimento do evento ao longo das edições a coordenadora nos respondeu: “O evento teve uma expansão solicitada pelo público. Nas três primeiras edições as vagas foram esgotadas em poucos dias, o que nos levou a propor mais ações e pensar numa estrutura maior para o Moda Imagem. É um reflexo do crescimento do interesse das pessoas, sobretudo no nosso local, pela moda e seus correlatos. Vejo também como um reconhecimento ao trabalho do projeto Moda e Comunicação que desenvolve e participa de diversas ações de produção de conteúdo há 5 anos”, finalizou.

Ainda durante a entrevista Lili Menezes contou que o evento envolve diretamente os alunos que estão inseridos no projeto Moda e Comunicação, havendo sempre a colaboração de outros discentes do curso. É um processo de aprendizagem vasto participar do planejamento, produção e execução de um evento de moda. Os alunos aprendem na prática sobre estrutura e comunicação de evento, produção de desfile, alguns ministram oficinas, outros mediam mesas redondas. O formato on-line da quinta edição vai trazer pautas que atrelam moda a temas como solidariedade, sustentabilidade, inclusão e diversidade. Vale prestigiar!

Serviço:   

Data 23 a 30 de novembro

Confira programação completa no Instagram @modaetaufal

Fotos dos participantes dos fashion films:

Derravera / Pouch Bag

Casa Lado Bê

Crua

Margarida Perfumada

8 de novembro de 2020

COLUNA #111 LIFE STYLE – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

TRANSFORMAÇÃO

A semana foi marcada por mais uma edição do SPFW. Além das apresentações virtuais, o documentário “O Ponto Firme” foi um assunto bastante comentado durante o evento. O filme é fruto do processo criativo da primeira coleção de roupas de crochê do Projeto Ponto Firme, desenvolvida por cerca de 20 homens dentro da Penitenciária II Desembargador Adriano Marrey, em Guarulhos/SP. Ao longo de uma hora e meia, o filme observa o professor Gustavo Silvestre se esforçando para fazer tudo acontecer, e em paralelo mostra a transformação dos alunos através da arte. O longa está disponível de forma gratuita em todo território nacional na plataforma Spcine Play streaming da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo. Imperdível!

COLLAB

Diane Von Fürstemberg fechou uma parceria com a C&A. Diane se consolidou como designer e seu nome ficou eternizado por meio da criação do wrap dress, em 1974. A idealizadora do vestido envelope é referência mundial de elegância. A nova coleção reúne 41 peças, entre elas estão vestidos, saias, tops, macacões, calças e kaftans, além de uma linha de acessórios. A estamparia é um ponto alto do lançamento e traz prints icônicos da marca internacional, com referências abstratas e da natureza, como folhagens e animal print. As peças certamente vão esgotar das araras da rede fast fashion.

PODEROSO

Empresário à frente do grupo Arezzo&Co., Alexandre Birman já domina o mercado quando o assunto são os sapatos. Schutz, Anacapri, Arezzo, Fiever, Alme, Alexandre Birman e Vans estão sob seus cuidados. Dessa vez, Birman surpreendeu a indústria da moda ao dar um grande passo, adquiriu a Reserva, companhia carioca fundada em 2004 pelos empresários Rony Meisler e Fernando Sigal. A transação de R$ 715 milhões, contempla as seis marcas do grupo – a própria Reserva, Reserva Mini, Oficina Reserva, Reserva Go, EVA e INK. Essa aquisição ampliará o portfólio da Arezzo&Co para 13 marcas e consolidará a estratégia grandiosa da companhia de se tornar uma house of brands.

PONTEIROS

A James Cook apresenta uma nova coleção e se torna a primeira marca brasileira de relógios a lançar produtos com as pulseiras feitas de Pinãtex, uma matéria-prima 100% natural e vegana, desenvolvida a partir das fibras de folhas de abacaxi e amido de milho. O processo de produção e confecção conta com selo de aprovação da PETA e registro na Vegan Society. Além dos benefícios da sustentabilidade, os relógios possuem um design clássico, atemporal e moderno ao mesmo tempo, resultando em um item versátil e eterno, que se adapta à todas as ocasiões e estilos.

4 de novembro de 2020

COLUNA #110 LIFE STYLE – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

GIRL BOSS

O Grupo Soma comunicou nesta semana que assinou um acordo para adquirir a marca de roupas da blogueira de moda Nati Vozza por R$ 210 milhões. O Grupo que detém oito marcas, entre elas: Animale, Farm, Maria Filó, Cris Barros e Fábula, estreou na Bolsa de Valores em julho. As negociações para adquirir a marca NV começaram antes da pandemia do Covid-19, essa fato só reforçou o poder de venda majoritariamente online da NV, que teve um aumentos de mais de 50% de seu faturamento entre 2019 e 2020. A blogueira empreendedora fez história!

ECO STYLE

A VIHE lançou sua segunda coleção de peças atemporais com foco em materiais eco friendly. Tecidos e aviamentos inovadores são apresentados em peças minimalistas e genderless. Itens em afaiataria, calças e jaquetas, utilizam tecidos ecológicos da Vicunha Têxtil. Os processos de tingimento visam a economia de água e a utilização de fibras recicladas em sua produção, que tem foco na redução no descarte de resíduos ao meio ambiente. Uma produção inspiradora!

COLLAB ARTÍSTICA

A grife Coach apresenta a coleção Coach x Jean-Michel Basquiat com uma campanha estrelada por Jennifer Lopez, Michael B. Jordan, Jeremy Lin e Yang Zi, e a empreendedora de beleza e sobrinha de Basquiat, Jessica Kelly, além de outros membros da extensa família Coach. A coleção, apresentada no desfile de Inverno 2020, em fevereiro, introduziu as obras e valores de Basquiat a uma nova geração, por meio dos olhos da família. Para celebrar a campanha, a Coach introduz short film em que o elenco discute a importância da família, arte e o legado de Basquiat, convidando membros da comunidade para participar da conversa.

OPEN STORE

É com muita alegria que compartilho aqui na coluna a abertura da Wil Style, a loja virtual nasce do amor por moda sem rótulos, a ideia é maximizar a essência dos clientes, seja em propostas básicas ou fashionistas. O endereço online (@wilstyleoficial) está repleto de roupas modernas, descomplicadas e cheias de personalidade. Além das roupas o atendimento do novo negócio oferece uma mini consultoria de estilo. Seja para fazer a produção completa ou escolher uma peça para compor com outras. As roupas da Wil Style vão embalar seus melhores momentos, dos rolês urbanos até os passeios com direito à pé na areia e brisa do mar. Vem muita coisa por aí!

Foto: Roger Silva

Modelo: Danyllo Gonçalves

27 de outubro de 2020

COLUNA #109 LIFE STYLE – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

Dossiê das tendências internacionais para o verão’21

A moda começa a respirar em meio aos impactos da pandemia global do novo coronavírus. Designers e marcas das quatro grandes capitais da moda mundial se reinventaram para apresentar suas propostas e ideias para o verão’21 entre desfiles físicos com rígidos protocolos de segurança e formatos digitais variados, durante os meses de setembro e outubro de 2020 em um momento tão atípico. A coluna trouxe os da temporada.

Tons áridos

Como uma opção oposta ao caleidoscópio das estampas, o bege apareceu em diversos tons e impressionou pela simplicidade e sofisticação.

Handmade

O tricô e o crochê se tornaram os queridinhos nesse período de quarentena. A valorização do feito à mão foi vista em várias apresentações nas passarelas.

Mix de estampas

Os desfiles foram palco para muitas estampas que a princípio conflitam entre si mas que logo nos remetem ao conhecido e aconchegante: patchwork.

Prata

Designers como Tom Ford trouxeram em suas coleções muitos acabamentos metalizados. Nada melhor do que muito brilho para alegrar os olhos nessa nova temporada.

Peças amplas

A tendência de silhueta mais larga veio com tudo, essa pegada oversized surgiu acompanhado camadas de roupas com peças soltas ao corpo que formam um visual super descolado.

Cores Fluorescentes

A paleta de cores fluorescentes estão com tudo, apareceu nas roupas, sapatos e bolsas. Um aposta hit dos designers e perfeita para colorir o visual.

Máscaras

Ainda um item contraditório e que muitos designers relutam para incorporá-la, a máscara apareceu em mais desfiles nesta temporada. O acessório de proteção diária, nas coleções aparecem com uma certa licença poética em muitos materiais.

NEW ALERT: O Boticário lança linha colecionável de fragrâncias masculinas

Todos nós temos boas lembranças associadas em algumas fragrâncias, não é mesmo?! Afinal, a perfumaria tem o poder de despertar a memória olfativa e, por isso, grandes clássicos continuam fazendo sucesso e atraindo novos consumidores. A partir dessa inspiração, o Boticário acaba de renovar as embalagens de alguns de seus ícones da perfumaria masculina e lança a linha Boticollection, com Styletto, Connexion, Portinari, Styletto Elegance e a novidade Horizonte. 

Os novos frascos têm inspiração na primeira fragrância masculina do Boticário – Styletto – lançada em 1985 e que continua tendo milhares de consumidores fieis. Já Horizonte chega na família Fougère Amadeirado, que contrasta o frescor cítrico da Mandarina com a força e assinatura do Cedro da Virgínia, árvore conhecida por marcar novos começos.

E, por falar em recomeços, é nesse mood que Boticollection chega. Em uma proposta que convida os consumidores a viverem novas histórias, o lançamento – Horizonte –  é ideal para quem busca sair da zona de conforto, se reinventar, assumir novos desafios e que sempre está em busca do novo.

Quatro das cinco fragrâncias também estão disponíveis em body sprays, que trazem duplo ativo para uma maior proteção, e em desodorante aerossol – Horizonte, Styletto, Connexion e Portinari. Vale lembrar que Styletto e Styletto Elegance são opções de fragrâncias veganas.

Serviço:

As novidades já estão disponíveis em todas as lojas do Brasil e no e-commerce da marca, no link boticario.com.br, e pelo app do Boticário, disponível para as versões Android e iOS. Também é possível fazer pedidos pelo WhatsApp pelo número 0800 744 0010 – número oficial e seguro – diretamente na plataforma do dispositivo. Basta o cliente contatar a marca por esse número para verificar a disponibilidade na sua região. Há ainda a opção de contatar um revendedor da marca pelo endereço boticario.com.br/encontre.

18 de outubro de 2020

COLUNA #108 LIFE STYLE – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

URBANIDADE

O verão 2021 idealizado por Demna Gvasalia da Balenciaga trouxe um ar de sobriedade e foi mostrado em um vídeo com os modelos andando por Paris, à noite. A nova linha apresenta roupas largas e oversized, a coleção masculina da marca espanhola surgiu de forma mais séria do que de costume. Baseando-se quase tudo nas cores preta e cinza, alguns looks apresentaram pontos de luz com tecidos leves e despojados, principalmente, nas peças com pegada streetwear que tem ganhado cada vez mais as passarelas.

SUSTENTABILIDADE FASHION

O Fórum Internacional de moda e sustentabilidade Rio Ethical Fashion (REF) acontece neste ano em formato digital e com um time de participantes de peso. Entre os convidados confirmados, estão Orsola de Castro, fundadora do movimento Fashion Revolution; Livia Firth, ativista ambiental e fundadora da Eco-Age; Andrea Rosso da Diesel e Simone Cipriani, porta-voz das Nações Unidas e criador do Ethical Fashion Initiative. A programação do evento acontece ao longo de um mês, de 30 de outubro a 30 de novembro no site do REF. Ao todo, serão 19 debates, sendo 30 palestrantes internacionais e 20 nacionais em painéis inéditos, fashion films e webinars temáticas. Os ingressos estão à venda no site do REF.

HYPE

Vale ficar de olho na marca Fauve, nascida no Rio Grande do Sul. A brand super moderna oferece peças femininas e masculinas com pegada utilitária e que rondam o universo street, como: jaquetas, camisetas, calças, vestidos e acessórios. Clara Pasqualini estava para celebrar um ano de sua marca quando a pandemia tomou todos de surpresa. Lançada em abril de 2019, a Fauve tem seu nome inspirado no movimento artístico Fauvismo. Ela acaba de lançar sua nova coleção após o grande impacto resultado do Covid-19, e claro a linha conta com muitos hits!

CONQUISTA

Kerby Jean-Raymond, designer e mente por trás da Pyer Moss, é também um dos nomes mais engajados da moda. Kerby assumiu a posição de Vice Presidente de Direção Criativa da Reebok. Ele, que já havia colaborado com a Reebok em 2019, agora passa a ocupar a liderança criativa global da marca em todas as categorias. Uma conquista que tem sabor de vitória para o designer e toda a comunidade criativa afrodescendente.

13 de outubro de 2020

Brechó de luxo aposta em sustentabilidade e consumo consciente pós-pandemia

Os Brechós vêm se popularizando muito nesses últimos anos como uma ótima opção de compra, uma vez que isso tem a ver com a preocupação em relação ao consumo exagerado que está diretamente relacionada aos impactos sociais e ambientais negativos de uma produção e consumo de moda desenfreados. Além do mais o preço: comprar nesse formato pode ser bem mais barato em relação às compras em lojas tradicionais.

O consumo consciente ganhou força durante a pandemia; é uma consequência positiva e que vai permanecer no “novo normal”. Inserido na tendência de economia circular, o brechó de luxo @cansei_vendi (www.canseivendi.com.br) registrou um crescimento de 30% de abril a julho em comparação ao mesmo período do ano passado e expande o acervo de seminovos com a criação da seção New But Sustainable, que traz produtos sustentáveis novos para complementar o portfólio.

Enquanto as vendas globais do mercado de luxo tiveram uma queda estimada de 25% no primeiro trimestre e devem somar um encolhimento entre 20% e 35% em 2020 – segundo a consultoria Bain & Company –, o @cansei_vendi registrou um aumento expressivo nas transações e atingiu recorde de faturamento mensal em agosto. “As pessoas não estão viajando, por conta das restrições para conter o coronavírus, e a alta do dólar tornou os importados inviáveis”, analisa Leilane.

Para compensar o prejuízo durante a crise, grifes como Chanel e Louis Vuitton aumentaram os preços mundialmente. E o reflexo foi sentido na plataforma brasileira, em que as bolsas lideraram as saídas nos últimos meses – especialmente as dessas duas marcas –, seguidas por relógios e joias.

Novo conceito!

Mais exigente, o consumidor mudou os hábitos de compras e leva em conta fatores ambientais e sociais em suas escolhas. O New But Sustainable contempla peças de moda sustentável e produtos naturais e artesanais.

Enquanto os itens do segmento second hand passam por minuciosa curadoria e controle de autenticidade – tanto da equipe interna quanto da empresa americana Real Authentication, que é especializada em artigos de luxo – para evitar falsificações, a nova categoria tem marcas locais também selecionadas a dedo, para garantir que a origem das matérias-primas e os processos de fabricação sejam coerentes com a proposta eco-friendly.

O marketplace tem mais de quatro mil peças seminovas de mais de 120 grifes, distribuídas nas seções de vestiário feminino, masculino, infantil e home & decor, com valores até 80% menores aos das lojas. “A moda é cíclica, os produtos invariavelmente voltam a ficar em alta. E o futuro do consumo é a economia circular. É um caminho sem volta, uma consequência positiva desse momento em que passamos”, diz Leilane. O Blog do Wil acredita e apoia essa iniciativa!