PORTFÓLIO
COLUNA #44 LIFE STYLE – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE
PORTFÓLIO
COLUNA #43 LIFE STYLE – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE
INTERVIEWS
COLUNA #42 LIFE STYLE – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

COLUNA #34 LIFE STYLE – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

6 de maio de 2019 | Por: Wilson Smith

A moda vive dias conturbados e nosso conteúdo desse fim de semana tem um contexto mais reflexivo.

AVANÇO!

A modelo brasileira, Ana Barbosa, que já havia desfilado com exclusividade para a Prada na temporada de inverno 2019/20 na semana de moda de Milão, também foi a escolha da estilista Maria Grazia Chiuri para abrir o desfile da coleção Cruise 2020 da Dior, realizado na última semana em Marrakech, no Marrocos. Muita emoção e senso de representatividade a cada passada. Olho nela!

TRANSFORMAÇÃO

O Projeto Ponto Firme sempre emociona os fashionistas com suas peças, e não foi diferente na coleção de verão 2020. A maestria do trabalho em crochê aliado à todo o conceito do projeto é muito expressivo. Os artesãos são detentos e ex-detentos da Penitenciária II Desembargador Adriano Marrey e eles produzem as peças sob coordenadas do Gustavo Silvestre. A penitenciária fica em Guarulhos, e é apenas masculina. Uma iniciativa inspiradora!

(RE)PENSAR

Ainda no clima de Fashion Revolution indicamos 3 documentários de moda que vão te fazer repensar a relação com consumo para assistir já:

1.Unravel (Meghna Gupta, 2012) – As cenas provocam o questionamento sobre o que acontece quando você joga uma roupa “fora”? É possível que muitas delas parem amontoadas em uma vila indiana. O documentário acompanha a rotina de quem vive do descarte dessas peças, reciclando-as em fábricas.

2. Minimalism (Matt D’Avella, 2015) – O documentário acompanha a trajetória de pessoas que aderiram ao movimento do minimalismo e como ele vem mudando o estilo de vida dessas pessoas que aprenderam a serem mais feliz com menos.

3.Riverblue (2016) – O documentário mostra como a indústria da moda, principalmente o fast-fashion, vem direta e indiretamente alimentando para essa poluição ambiental.

R.I.P.

O modelo Tales Cotta, de 26 anos, teve um mal súbito na passarela da Ocksa, na São Paulo Fashion Week N47, e infelizmente não resistiu. Como uma coluna de conteúdo editorial voltado para moda, é nosso papel dissipar a mensagem de que a moda não é apenas estética, existem diversos discursos que precisam ser ouvidos, e um deles é a compaixão por seus prestadores de serviços, pensar nas reais necessidades do ser humano e não na objetificação para a realização do fashion show. Na SPFW ou em qualquer outro evento, se a morte de uma pessoa não está acima dos negócios, o que podemos esperar dessa indústria daqui para frente? Que esse acontecimento profundamente triste sirva de reflexão para toda cadeia e um marco para mudanças efetivas. A coluna deixa nossos mais sinceros sentimentos para os familiares e amigos de Tales.

Comentar




* Área sinalizada obrigatória.
Comentários com conteúdo racista, span, publicidade, pornográfio ou com agressão verbal serão rejeitados.