PORTFÓLIO
COLUNA #96 LIFE STYLE – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE
PORTFÓLIO
COLUNA #95 LIFE STYLE – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE
PORTFÓLIO
COLUNA #94 LIFE STYLE – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

Se for comprar, compre do menor!

3 de abril de 2020 | Por: Wilson Smith

Abril chegou e é justamente o mês em que tudo começa, os ecos do Carnaval ficam para trás e os projetos para o ano novo não são mais postergados. É hora de apertar o play, de avançar, é o momento de seguir em frente… Mas a indústria da moda, assim como todo o planeta tem repensado seus processos em virtude da pandemia do coronavírus. Foi dado um freio inesperado!

Normalmente esse seria o momento em que as novas coleções estariam chegando às lojas físicas e virtuais, com novidades a preço cheio. Mas ao contrário disso, as lojas estão fechadas, os descontos vieram antes do tempo e algumas operações estão totalmente paradas. As encomendas não são feitas e essa rede circula em um tempo nunca visto antes.

Esta semana nossa coluna não mostrará os lançamentos para o outono-inverno’20. Falar sobre consumo nesse momento pode ecoar vazio, estamos sendo bombardeados constantemente por informações sobre o avanço da doença, há pessoas terrivelmente debilitadas em virtude do novo coronavírus. Muitas perdendo membros da família, outra parcela atingida também pela crise econômica, sendo demitidas de seus empregos. Com todo esse cenário fazer compras é desnecessário ou chega até mesmo ser ‘vergonhoso’.

Mas tudo tem dois lados. Essa indústria é uma parte vital para a economia do Brasil (e do mundo) que gera milhões de empregos diretos e indiretos, em uma cadeia que inclui estilistas, designers, artesãos, costureiras, modelistas, diretores de arte, fotógrafos, modelos, stylists, produtores, equipe de comunicação e outras áreas afins dessa rede.

As micro e pequenas marcas estão agarradas aos seus sites e plataformas de e-commerce porque as vendas online são suas únicas fontes de receita para que seu negócio se mantenha vivo nesse momento. Fazer compras agora ganhou um novo viés. Consumir pode ajudar a salvar uma geração de pequenos criadores e empresas autorais. Comprar algo hoje, caso essa possibilidade seja viável para você, de uma marca com a qual tenha afinidade é um ato de solidariedade, empatia e também uma aposta no futuro. Então se for comprar, compre do menor!

Comentar




* Área sinalizada obrigatória.
Comentários com conteúdo racista, span, publicidade, pornográfio ou com agressão verbal serão rejeitados.