PORTFÓLIO
COLUNA #96 LIFE STYLE – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE
PORTFÓLIO
COLUNA #95 LIFE STYLE – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE
PORTFÓLIO
COLUNA #94 LIFE STYLE – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

COLUNA #93 LIFE STYLE – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

20 de junho de 2020 | Por: Wilson Smith

Vamos valorizar a arte e artesanato alagoano!

Arte em apenas um click:

Galeria Alagoas Feita à Mão é um espaço digital que reúne trabalho de mestres, artistas populares e artesãos alagoanos

Valorizar os criadores alagoanos sempre foi um ponto presente em nossa produção de conteúdo ao longo das edições. É com muita alegria que compartilhamos o novo reduto virtual para os apaixonados pelo artesanato do Estado. A Galeria Alagoas Feita à Mão, que foi lançada no dia 08/06, a plataforma reúne a produção de diversos artistas locais, facilitando o processo de aquisição e compra dos produtos e contribuindo para a geração de renda no segmento. É possível acessar o site através do endereço: www.alagoasfeitaamao.com.br, o espaço tem uma excelente interface de navegação e é uma experiência digital que conecta o público aos produtores e seus respectivos trabalhos handmade.

Coordenada pela Gerência de Design e Artesanato da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), através do programa Alagoas Feita à Mão, a plataforma funciona como um marketplace, aproximando o comprador do mestre, artista popular ou artesão que comercializa sua peça. Toda a negociação, desde a compra até a entrega, será feita através desse contato direto. A equipe levou um mês e meio para alimentar e colocar o site no ar.

“O artesanato também precisa se reinventar nesse momento de crise causada pela pandemia. A Galeria Alagoas Feita à Mão foi constituída pelo Governo dentro da vertente de apoio à comercialização e aos nossos artistas. Agora, a vitrine virtual da arte popular alagoana está disponível e acessível a todos, sem sair da casa”, ressaltou a primeira-dama do Estado, Renata Calheiros.

Com mais de 500 produtos anunciados, e 68 artesãos cadastrados o site reflete a riqueza e diversidade de tipologias de Alagoas, indo desde o bordado filé às esculturas de barro, passando pelo cipó, cerâmica e madeira. Para o secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, a iniciativa reforça o papel do artesanato enquanto agente transformador na vida de centenas de artesãos, contribuindo para a geração de renda e qualidade de vida.

“A maioria das pessoas não conhecem o poder transformador do artesanato dentro de uma comunidade, em termos de desenvolvimento econômico e, principalmente, no desenvolvimento socioeconômico. Nesse sentido, as ações desenvolvidas pelo Governo de Alagoas têm uma função social transformadora a partir da geração de renda. Um espaço digital para a produção artesanal representa a continuidade do trabalho realizado dentro do projeto Alagoas Feita à Mão, estimulando a comercialização e possibilitando o acesso desses profissionais ao mercado mesmo durante o período de isolamento social, garantindo a autonomia e o sustento de centenas de artesãos”, explica o secretário Rafael Brito.

O artesanato alagoano tem muita força e se destaca por sua criatividade. Esse rico conjunto de produtos, formas, materiais, saberes populares e tons surgiu da herança dos povos que por aqui passaram e constituem a cultura brasileira. Saber identificar e estimular a identidade cultural da nossa região por meio do artesanato é de fundamental importância para a cultura e para o artesanato em si.Esse é um avanço extremamente importante e necessário para valorização e acesso ao trabalho artesanal. Todos os criadores cadastrados na plataforma participam de um grupo, onde recebem orientações constantes em reuniões, inclusive, com materiais explicativos em vídeo para auxiliar os profissionais no processo de preenchimento e acesso da plataforma. Desejamos vida longa para Galeria Alagoas Feito à Mão.

Serviço:

Para os interessados em participar, a plataforma está aberta para artesãos individuais, mestres, artistas populares e entidades representativas que possuam a Carteira Nacional do Artesão atualizada. Para se cadastrar na Galeria Alagoas Feita À Mão é preciso preencher um formulário, e aguardar aprovação da Gerência de Design e Artesanato, que fornecerá o login de acesso. Em caso de dúvidas, a equipe está disponível através do WhatsApp do Alagoas Feita À Mão, no número (82) 98705-7998.

CRISE FASHION

A poderosa rede de fast-fashion Zara comunicou que vai começar a fechar lojas em todo o mundo devido à pandemia da Covid-19, a quarentena mantém muitas lojas sem funcionar desde meados de março. A empresa-mãe da fast-fashion, Inditex, anunciou seus planos de fechar entre 1.000 e 1.200 lojas nos próximos dois anos e desviar recursos para estratégias de vendas online. Ainda não se sabe exatamente quais locais da Zara serão afetados, mas os fechamentos serão “lojas no final de sua vida útil” e “cujas vendas podem ser transferidos para lojas próximas e online”, informou a empresa em comunicado. O cenário pandêmico tem afetado toda rede produtiva e a tecnologia tem sido amplamente explorada, em contraponto a essa revolução digital muitos profissionais estão perdendo seus empregos.

POWERFUL

Após vários meses de especulação, a revista Harper’s Bazaar americana tem uma nova editora-chefe, principal posto dentro de uma revista. Samira Nasr, que era diretora de moda da Vanity Fair americana, assumirá o cargo em julho. Nasr, nascida em Montreal é a primeira pessoa negra a editar a revista. Não poderia ser mais oportuno o momento para assumir o posto mais alto da Bazaar, revista que data de 1860, diante do atual debate sobre o racismo essas quebradas de padrões precisam ter visibilidade para que outras grandes organizações também incorporem pessoas de todas as etnias em seus quadros de colaboradores.

DIVERSIDADE

A Prints for Pride é uma iniciativa do publisher Juliano Corbetta, junto com a fotógrafa Mariana Maltoni. O projeto visa arrecadar recursos para a manutenção de casas de acolhimento de pessoas LGBTQIA+ no Brasil através da venda de fotos e outros produtos, como moletons e bonés. Tanto as fotos quanto os outros itens estão disponíveis para a compra no site da www.bannanna.com.br até o dia 05 de julho, quando se encerra a primeira etapa de arrecadação do projeto, que terá 100% da renda direcionada à Casa 1, centro cultural e república de acolhida para pessoas da comunidade que são expulsas de casa.

RENOVAÇÃO

Com o cenário mundial em constante – e turbulenta – mudança, falar sobre evolução nunca foi tão pertinente. Seja a pauta social, econômica ou ambiental, a advertência “ei, há uma maneira melhor de tocar as coisas”, vale para todos. Inclusive para a Pandora, maior fabricante joalheira do mundo, que, no olho do furacão, tomou uma providência eco-friendly: irá trabalhar, apenas, com metais reciclados. A nova diligência da marca garante que a mudança não irá impactar na qualidade das joias. Que essa decisão seja incorporada por outras marcas!

Comentar




* Área sinalizada obrigatória.
Comentários com conteúdo racista, span, publicidade, pornográfio ou com agressão verbal serão rejeitados.