Sem categoria
COLUNA WIL STYLE #94 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE
Sem categoria
COLUNA WIL STYLE #93 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE
PORTFÓLIO
COLUNA WIL STYLE #92 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

COLUNA WIL STYLE #92 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

8 de janeiro de 2023 | Por: Wilson Smith

A ORIGEM

Kantupac La Marka é uma marca de streetwear que reflete a essência do street style banhado na ancestralidade milenar. Criada por Bryan De Lapaz e Abi Llanque, a marca nasceu como um festival de hip hop que levava o mesmo nome, como forma de gerar conexão entre a comunidade abya yala em São Paulo. 

O DESENVOLVIMENTO

“O Kantupac surgiu em 2015 como um evento de música que acontecia na praça Kantuta. O nome significa uma flor que resiste ao clima pesado dos andes, que leva as cores da bandeira da bolívia, que são o vermelho, amarelo e verde, que também faz parte de nossa paleta de cores”, explica Bryan.  Em 2016, um ano após o evento acabar, o casal se juntou para lançar suas ideias como uma marca de roupa, porque não se sentiam representados pelo estilo de roupa da cena.

O PROPÓSITO

“A cultura hip hop envolve todo um estilo de vida combinado com a moda. Eu sempre gostei das roupas desse universo, mas tudo que tinha era muito americanizado e eu não me identificava com a mensagem”, recorda o designer e rapper. Ele, que aprendeu a costurar com o pai artesão, se juntou com a esposa modelista para confeccionar acessórios, até que em 2019 o negócio ganhou força e eles puderam aumentar mais a variedade de produtos.  Para pronta entrega, a marca dispõe de pulseiras feitas no aguayo, o tecido com padronagem colorida feito de tear manual tradicional nas culturas andinas, visto em toda peça da dupla.

O PRODUTO ESTRELA

Mas o que é o carro chefe mesmo são as peças por encomenda, como moletons e jaquetas. “A gente prefere fazer peças sob encomenda porque elas acabam sendo únicas. O corte, costura e estampa com aguayo fazemos de acordo como o cliente quer”, explica Bryan.

Comentar




* Área sinalizada obrigatória.
Comentários com conteúdo racista, span, publicidade, pornográfio ou com agressão verbal serão rejeitados.