Sem categoria
COLUNA WIL STYLE #86 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE
Sem categoria
COLUNA WIL STYLE #85 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE
Sem categoria
LUZ, CÂMERA E AXION! 
26 de setembro de 2022

COLUNA WIL STYLE #78 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

O CONCEITO

Peças de volumetrias poéticas com texturas açucaradas, permeadas por traços de um japonismo sereno e ultrafeminino. A coleção UKIYO-E traz um olhar para moda festa nada convencional, são peças com DNA marcante da designer Paula Raia, com o retorno da normalidade dos eventos e festas, a criadora deixou a criatividade fluir para desenvolver produções icônicas.  

CARTELA DE CORES

Cores magnéticas revelam shapes preciosos: vontades de uma contemporaneidade sedutora, com muita emoção. O vermelho em seus múltiplos tons é o protagonista das criações. 

DESFILE

O desfile da estilista Paula Raia apresentou peças que remetem à beleza e ao encontro com formas e cores marcantes. entre os destaques estão as estamparias, a mescla de volumes, brilho, rendas, texturas e muita exuberância. 

CENAS FASHION

A marca também desenvolveu um fashion film em que Paula Raia mostrou a proposta de uma mulher feminina e ao mesmo tempo forte, com cenas que inspiram uma silhueta confortável e elegante. As peças já estão disponíveis para compra. 

17 de setembro de 2022

COLUNA WIL STYLE #77 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

Nesta edição a coluna Wil Style abre espaço para a arte e cultura, trazendo todos os highlights da exposição Caixa de Pandora. 

A EXPOSIÇÃO 

A Exposição Caixa de Pandora desenvolvida pelos(as) alunos(as) do Curso de Formação Inicial e Continuada em Fotografia, oferecido pelo PRONATEC, em parceria com a Escola Estadual Santos Dumont, localizada no município de Rio Largo, foi aberta ao público no dia 15 de setembro, a partir das 9 horas no IPHAN Alagoas, situado no bairro do Jaraguá em Maceió, o trabalho ficará em cartaz até dia 07 de outubro. Caixa de Pandora é uma exposição criada a partir das narrativas dos(as) fotógrafos(as) formandos(as). 


Foto: Pedro David

O CONCEITO 

A Exposição Caixa de Pandora é o resultado de uma pergunta simples: “Quem é você?” A provocação foi feita aos(as) alunos(as) do curso PRONATEC e eles criaram um ensaio de seis fotos no estilo artístico autoral a partir do questionamento. O curso de 190 horas aulas foi ministrado pelo fotoartísta e historiador pernambucano radicado em Alagoas, Roger Silva, que tem em seu DNA criativo trabalhos no campo imagético, atrelados à discussões e debates sobre pautas sociais.

Foto: Gyldson Luiz

O DESENVOLVIMENTO

O professor destacou que “Os 23 alunos foram desafiados a produzir em um mês, os ensaios exibidos na exposição, foram dias de trabalho intenso, onde eles estiveram envolvidos com a fotografia e produção sob minha orientação. Ao fim, conseguimos fazer uma curadoria de mais de setenta fotografias, a curadoria é minha e da fotógrafa Tayná Almeida, com o apoio da Casa Alagoana da Photografia, IPHAN, PRONATEC e a direção da Escola Santos Dumont”, explicou Roger Silva.

Foto: Hugo Tadeu

TEMÁTICAS 

Ao longo do desenvolvimento da atividade uma enxurrada de relatos sobre violência psicológica, preconceitos, dores guardadas, dentre outros temas vinheram à tona e estão materializados nas obras. Dessa forma, a Exposição Caixa de Pandora é uma analogia ao mito, mas que traz na sua essência a coragem das Pandoras em abrir suas caixas e revelar o que foi colocado dentro delas. Outros temas compõem a exposição, como autoestima, redes sociais e estereótipos.

Foto: Sophia Sabino 

12 de setembro de 2022

COLUNA WIL STYLE #76 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

COLLAB ECOLÓGICA 

A rede de moda feminina e lingerie Marisa se uniu ao Movimento Sou de Algodão, da Abrapa (Associação Brasileira dos Produtores de Algodão), em sua nova coleção, intitulada “Vai Com Moda Consciente”, que conta com uma linha de jeans criados em uma cadeia de produção que aplica boas práticas socioambientais. A novidade tem o objetivo de despertar o consumo responsável do algodão. 

TRABALHO HANDMADE

Com esse propósito de dar  voz a artistas crocheteiros independentes e luz a uma arte da periferia surgiu o coletivo recém-criado pelos artesãos e artistas Vitor Siqueira (Crochê de Vilão), Henrique Domingos (Arte do Magro) e Matheus Rodrigues (Sem Nome Ateliê). Eles confeccionam bonés e chapéus em crochê e promovem encontros para disseminar essa arte, trocar referências e exibir suas criações. Esses acessórios já apareceram no SPFW e marcas internacionais já estão de olho nesse movimento aqui no Brasil, que resgata a cultura funk. 

EXPOSIÇÃO VIRTUAL

Com a participação de 43 artistas de 18 nacionalidades, o Museu Têxtil promove, até 28 de fevereiro de 2023, a 2ª Exibição Virtual Internacional, intitulada “Beleza Intelectual”, que exibe um recorte da produção artística contemporânea de Arte Têxtil e Técnica Mista entre os anos de 2004 a 2022. São 116 trabalhos que cruzam poética e estética para dar forma às novas possibilidades de interação com a arte e com a cultura.

COVER BOY 

O fenômeno musical Lil Nas X é conhecido por seus visuais artísticos e provocativos, vistos em videoclipes, shows e eventos como o Met Gala. Agora, seu visual também poderá ser visto nas campanhas americanas da Yves Saint Laurent Beauty, ajudando a estabelecer a marca como representante de uma beleza livre de regras, e que celebra a individualidade. O anúncio dessa nova parceria chega em um momento em que a icônica marca busca redefinir as construções de gêneros dentro da indústria da beleza.

Exposição fotográfica Caixa de Pandora dos alunos do PRONATEC entra em cartaz no IPHAN Alagoas

No dia 15 de setembro a exposição dos alunos do Curso de Formação Inicial e Continuada em Fotografia, oferecido pelo PRONATEC, vai estrear no IPHAN Alagoas

A Exposição Caixa de Pandora desenvolvida pelos(as) alunos(as) do Curso de Formação Inicial e Continuada em Fotografia, oferecido pelo PRONATEC, em parceria com a Escola Estadual Santos Dumont, localizada no município de Rio Largo, será aberta ao público no dia 15 de setembro, a partir das 9 horas no IPHAN Alagoas, situado no bairro do Jaraguá em Maceió, o trabalho ficará em cartaz até dia 07 de outubro. Caixa de Pandora é uma exposição criada a partir das narrativas dos(as) fotógrafos(as) formandos(as).

A Exposição Caixa de Pandora é o resultado de uma pergunta simples: “Quem é você?” A provocação foi feita aos(as) alunos(as) do curso PRONATEC e eles criaram um ensaio de seis fotos no estilo artístico autoral a partir do questionamento. O curso de 190 horas aulas foi ministrado pelo fotoartísta e historiador pernambucano radicado em Alagoas, Roger Silva, que tem em seu DNA criativo trabalhos no campo imagético, atrelados à discussões e debates sobre pautas sociais.

Foto: Antonia Avelino

O professor destacou que “Os 23 alunos foram desafiados a produzir em um mês, os ensaios exibidos na exposição, foram dias de trabalho intenso, onde eles estiveram envolvidos com a fotografia e produção sob minha orientação. Ao fim, conseguimos fazer uma curadoria de mais de setenta fotografias, a curadoria é minha e da fotógrafa Tayná Almeida, com o apoio da Casa Alagoana de fotografia, IPHAN, PRONATEC e a direção da Escola Santos Dumont”, explicou Roger Silva.

A dinâmica da construção do trabalho que resultou na exposição se deu através da divisão da turma em duplas, e cada um ficou responsável em ouvir a história do outro, para a partir dessas informações criarem uma narrativa conceitual e artística que representasse o tema escolhido por eles. Segundo o professor e fotógrafo Roger Silva, o nome Caixa de Pandora veio à mente ao receber o primeiro relato de uma das alunas participantes, ela foi violentada ainda na primeira infância, e decidiu retratar o tema em seu ensaio, e foi com essa força do simbólico na linguagem da fotografia que a aluna fomentou o debate sobre um tema tão necessário de ser discutido.

Foto: Lyvia Micaely

Ao longo do desenvolvimento da atividade uma enxurrada de relatos sobre violência psicológica, preconceitos, dores guardadas, dentre outros temas vinheram à tona e estão materializados nas obras. Dessa forma, a Exposição Caixa de Pandora é uma analogia ao mito, mas que traz na sua essência a coragem das Pandoras em abrir suas caixas e revelar o que foi colocado dentro delas.

“A periferia tem inúmeros problemas de ordem social, econômica e psicossocial, precisamos falar sobre eles, não dá mais para deixar essa caixa fechada. Por meio da fotografia artística e autoral os(as) futuros(as) fotógrafos(as) conseguiram trazer para superfície do papel através da teoria e da prática, narrativas que suscitam debates urgentes na sociedade, 90% dos ensaios giram em torno do medo, dor, solidão, incompreensão, preconceito e violência”, relatou o professor de fotografia.

Foto: Matheus Costa

Outros temas compõem a exposição, como autoestima, redes sociais e estereótipos. Entretanto, entre os destaques das obras está a esperança da maioria dos discentes, em não passar por tantas coisas ruins no presente e no futuro, e a fotografia figura como esse vetor de escape.

“Como no mito de Pandora, todos os males foram revelados e saíram de dentro da caixa, ficando apenas a esperança. Essa, nunca nos abandona, sem ela não conseguiríamos seguir em frente. É importante destacar que não foi Pandora que colocou todos esses males lá, na exposição são 23 caixas sendo abertas ao mesmo tempo, uma explosão aos olhos”, concluiu Roger Silva.

A Exposição Caixa de Pandora terá sua estreia no dia 15 de setembro, a partir das 9 horas e ficará em exibição até o dia 7 de outubro com entrada franca para todos na sede do IPHAN Alagoas.

Foto: Quérem Hapuque

Apoio humano e institucional:

Supervisor: Vanilson de Lima Coelho

Coordenadora Adjunta Técnica Acadêmica: Renilda Maria Pereira de Melo

Diretora: Áurea Helena de Vasconcelos Almeida

Orientadora: Rozilene Rodrigues Gomes Albuquerque

Administrativo: Ana Tereza Vasconcelos Rodrigues

Professor: Roger Silva

Curadoria: Thayná Almeida e Roger Silva

PRONATEC

IPHAN – AL

Casa Alagoana de Fotografia na pessoa do fotógrafo Jorge Vieira

Artes: Roger Silva e Everton Belo

4 de setembro de 2022

COLUNA WIL STYLE #75 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

As presentes fotos e conceitos apresentados na coluna são resultado de uma mentoria que o colunista que aqui escreve concedeu aos alunos do Curso de Iniciação Fotográfica PRONATEC da Escola Estadual Santos Dumont, ministrado pelo Professor Roger Silva. A imagem de moda é carregada de significado e narrativas, confiram as construções imagéticas levantadas por esses jovens talentos!

AFRODITE-SE

Essa foto tem a intenção de representar de forma natural e doce o corpo feminino. E trazer a sensação de naturalizar o corpo que tem que ser mostrado. Não é porque as mulheres mostram sua feminilidade, beleza e sensualidade que elas precisam ser vitímas de assédio, abuso sexual e principalmente sendo vistas como objetos sexuais. Então, veja o corpo feminino e a mulher como uma Deusa que não é perfeita, mas que exige respeito na sociedade como mulher, nossa modelo Ivy Lins se sentiu muito representada no nosso ensaio inspirado a partir da história sobre a Deusa Afrodite, mais conhecida como “Deusa do amor” na qual ela se identifica e se sente confortável.

Ficha técnica: Ivy Lins, Maria Antonia e Julia Cavalcante

ESTÉTICA NEGRA

O conceito da estética negra trabalha com o empoderamento do homem preto, dando o mesmo reconhecimento, poder e charme que qualquer outra pessoa branca possa ter. Procuramos exaltar a estética, a força e o estilo do homem preto nesse conceito, mostrando a grandeza dos traços negróides. Na cartela de cores os tons: preto, branco e prata, cores neutras e simples, foram usadas para destacar, focar nos detalhes e evidenciar a grande beleza do homem preto. 

Ficha técnica: Quérem Hapuque e Sammuel Cláudio 

RED & BLACK

Entre o esporte e as periferias, a moda se rende às camisas de times, mas o futebol, o mais popular nos esportes, nunca esteve tão em alta como agora – vale lembrar que em dezembro tem Copa do Mundo. Por muito tempo, a alta moda torceu o nariz para a cultura popular, mas as estéticas periféricas e populares têm se tornado impossíveis de ignorar.

Ficha técnica: Matheus Wendel, Carlos José, Pedro David e Elisiane Maria

ISADORA

O nosso ensaio fotográfico “Isadora” partiu da ideia de trabalharmos a leveza e delicadeza dos tons pastéis, que é uma família de cores de qualquer matiz caracterizada por uma leveza relativamente alta e baixa saturação. Trouxemos essas características na produção da modelo, com uma maquiagem suave e cabelo natural, como também na composição da foto, em poses delicadas no formato retrato. O nome do ensaio parte da nossa própria modelo, Isadora, que traz essa delicadeza e tranquilidade em sua personalidade, fazem jus a proposta do nosso ensaio.

Ficha técnica: Isadora Marques, Sophia Sabino, Wallison Felipe, Lyvia Mikaele e Débora Vitória.

 

ALL DENIM

Por ser considerado um tecido atemporal, o jeans está nos armários de praticamente todos, independentemente do estilo. O jeans está em ambientes despojados, reuniões, festas, escritórios, entre os mais jovens, adultos, os mais idosos e até nas roupas das crianças. Caracterizado como moda eterna, além disso o jeans movimenta um mercado bilionário em todo o mundo. Por ser democrático é, literalmente, usado em todos os cantos do planeta.

Ficha técnica: Will Oliveira, Everton Azevedo, Matheus Costa, Josias Silva e Gyldson Luiz.