PORTFÓLIO
COLUNA WILL STYLE #156 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE
PORTFÓLIO
COLUNA WILL STYLE #155 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE
MODA
COLUNA WILL STYLE #154 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE
15 de março de 2024

COLUNA WILL STYLE #145 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

Para o mês das mulheres, nossa coluna abre o espaço da moda para dar vez à cultura e indica 4 livros escritos por mentes femininas. 

Não Fossem as Sílabas do Sábado, Mariana Salomão Carrara 

Mariana Salomão Carrara entrega um mergulho brutal e sensível no processo de luto de uma arquiteta após a morte do marido. Com uma escrita que domina as nuances da linguagem e suas metáforas, Carrara aborda temas difíceis, como o fim iminente da vida, enquanto sua protagonista oscila entre seguir em frente e permanecer no choque da perda. Vencedor do Prêmio São Paulo de Literatura 2023, este livro é uma leitura intensa e cativante.

Minha Liberdade Não Te Serve, Mariana Félix 

Neste volume, Mariana Félix, escritora, poeta e slammer, reúne uma coleção de seus poemas mais amados e famosos, junto com 15 inéditos, todos engajados na luta feminista antirracista, autocuidado e afeto. Félix, cujo encontro com a poesia aconteceu enquanto trabalhava como inspetora de escola pública há uma década, apresenta uma voz única e poderosa que ecoa nas páginas deste livro. Com um prefácio escrito pela renomada poeta Luiza Romão, esta obra é um testemunho da resiliência e da força feminina.

Virgínia Mordida, Jeovanna Vieira 

Em seu romance de estreia, Jeovanna Vieira nos conduz por uma narrativa que revela os refinamentos contemporâneos dos abusos psicológicos no relacionamento entre Henrí, um ator argentino, e Vírginia, uma advogada carioca radicada em São Paulo. O amor intenso entre eles logo se transforma em situações nocivas, permeadas por questões de raça, gênero e classe, descritas em capítulos rápidos e vertiginosos. “Romance galopante, sem rodeios. Nu, cru, imperdível”, como define a escritora Andréa del Fuego.

Lugar de Fala, Djamila Ribeiro

Djamila Ribeiro nos guia através de uma reflexão profunda e necessária sobre o conceito de “lugar de fala” e sua importância no contexto da luta antirracista e feminista. Com clareza e perspicácia, Ribeiro aborda questões fundamentais sobre poder, privilégio e representatividade, oferecendo uma visão inspiradora para aqueles que buscam entender e transformar as estruturas de opressão em nossa sociedade. Este livro é uma leitura essencial para todos que desejam construir um mundo mais justo e inclusivo.

24 de fevereiro de 2024

COLUNA WILL STYLE #142 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

Beija-Flor Encanta Sapucaí com Homenagem Vibrante a Maceió: Prefeito JHC e Influenciadores Prestigiam Desfile Histórico

A Escola de Samba Beija-Flor de Nilópolis emocionou a Marquês de Sapucaí no domingo (11) com uma homenagem vibrante à capital de Alagoas, Maceió. Sob o tema “Um delírio de Carnaval de Maceió de Rás Gonguila”, a escola encantou o público presente, celebrando a rica cultura e tradições da cidade. O desfile, que marcou a primeira vez na história em que Maceió foi tema de um samba-enredo no Rio de Janeiro, contou com a presença do Prefeito JHC, acompanhado da primeira-dama Marina Candia, que prestigiaram a apresentação ao lado de uma turma animada e com samba no pé.

O enredo, desenvolvido pelo carnavalesco João Victor Araújo, trouxe à vida a história de Rás Gonguila, figura emblemática da cidade nascida como Benedito dos Santos, que fundou a agremiação Cavaleiro dos Montes e deixou sua marca no Carnaval alagoano. Os carros alegóricos desfilaram pela Sapucaí levando consigo a renda, os folguedos e a tradição de Maceió, proporcionando ao público presente uma viagem pela cultura alagoana. Mais de três mil pessoas participaram da apresentação, incluindo os filhos de Rás Gonguilla, influenciadores digitais alagoanos, o cineasta Cacá Diegues e as rendeiras do Pontal da Barra.

O evento, que contou com a transmissão ao vivo da TV Globo e a cobertura de mais de 150 veículos de comunicação do Brasil e do mundo, deixam uma marca duradoura na história do Carnaval e da cidade de Maceió.

Fotos: Itawi Albuquerque

15 de novembro de 2023

COLUNA WILL STYLE #130 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

ESTREIA

O Rota Cultural é o mais novo projeto da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Mellina Freitas, trata-se de um guia completo em formato de vídeo, que explora a beleza natural, a história rica e a vibrante vida cultural de Alagoas, disponível no Youtube.

IMERSÃO CULTURAL

O projeto proporciona ao público uma imersão nas regiões do sertão, litoral e agreste de Alagoas. Em cada episódio, os espectadores têm a oportunidade de descobrir histórias ancestrais, tradições e a arte, música e culinária que tornam Alagoas um estado único.

JÁ NO AR

O primeiro episódio revela as belezas da Lapinha do Sertão, a cidade turística de Piranhas. O guia não só apresenta locais para visitar, mas também a história por trás de cada lugar, os protagonistas dessas narrativas, além de explorar a música e a gastronomia local. Para os próximos episódios, os espectadores serão transportados para Entremontes, Delmiro Gouveia, Penedo e outros destinos encantadores.

VALE O PLAY! 

Para a atual Secretária de Cultura, o projeto apresenta uma visão autêntica e memorável da riqueza cultural que Alagoas tem a oferecer. “A série é uma celebração da diversidade da terra, da poesia da vida e do calor humano que caracteriza Alagoas. É uma jornada que revela o verdadeiro tesouro desta terra: a cultura e o coração do povo alagoano. Vamos explorar, aprender e celebrar juntos”, convida. Os episódios são lançados quinzenalmente e podem ser assistidos em www.youtube.com/@mellinafreitas.

7 de novembro de 2023

A magia dos casamentos através das lentes da Bambu Fotografia

A arte de contar histórias de amor de forma poética sob o olhar feminino

Em um mundo onde a arte e a sensibilidade se entrelaçam, a Bambu Fotografia surge como uma proposta única e autêntica no universo da fotografia de casamento. Fundada por Amanda Bambu, em outubro de 2022 e atualmente com contribuições de Dani Calheiros, duas mulheres que trazem para suas fotografias de casamento uma abordagem leve e personalizada, a empresa se destaca por sua capacidade de capturar a essência das vivências dos casais de forma singular.

A trajetória de Amanda na fotografia artística se estende por 9 anos, com passagens marcantes como professora de cursos no SESC e atuação na direção da fotografia do filme alagoano “Não Existe Almoço Grátis”. Sua arte foi exposta em prestigiadas galerias de arte, como Satellite Project Space e London-Otaro, e sua obra selecionada para o Acervo do Banco do Nordeste. Hoje, a fotografia é mais do que uma profissão, é uma filosofia de vida, um olhar revolucionário, documental e poético sobre o mundo.

Por sua vez, Dani Calheiros traz para a Bambu Fotografia um olhar crítico para questões políticas e sociais, aliado a uma sensibilidade única para os detalhes. Desde sua chegada em março de 2023, ela tem proporcionado à equipe um olhar gentil, poético e sereno sobre os casamentos que registram. 

“A ideia é levar um outro olhar para o mercado de casamento em Alagoas, um olhar artístico e poético”, afirma Amanda. “Construir narrativas sobre histórias de amor é desafiador, porque cada história é particular, somos presença e escuta, e cada casal fotografado pela Bambu Fotografia é contemplado por esse olhar/atendimento humanizado”, completa a fotógrafa. 

A Bambu Fotografia se destaca por oferecer um atendimento humanizado e um olhar poético e artístico para cada evento. Cada casal é um universo em expansão, e a equipe se dedica a capturar não apenas as imagens, mas as emoções e os sutis afetos que permeiam essas histórias de amor.

Neste primeiro ano de trajetória, a Bambu Fotografia enfrentou desafios significativos, desde a compreensão do mercado até a busca pela consolidação de uma estética única. Em um estado com fotógrafos renomados e estilos consolidados, a empresa gosta de fotografar de forma fluida, poética e documental, criando registros margeados pela arte dentro dos casamentos. Além disso, o investimento em equipamentos e formação constante tem sido uma prioridade para manter a qualidade que os clientes merecem.

“A superficialidade passa longe da nossa filosofia de trabalho, adentramos nas histórias, poetizando os sutis afetos, desde uma lágrima tímida escorregando na face do pai que acabou de casar a filha, até crianças inquietas correndo dentro e fora do local da cerimônia. Somos, sem dúvidas, os olhos que irão validar o casal, posteriormente, como foi cada nuance da data tão sonhada. Levei pouco tempo para entender o quanto o casamento é um sonho profundo para algumas pessoas, e nós enquanto fotógrafas assumimos o compromisso de retratar de forma honesta tudo que foi vivido ali, afinal de contas o que fica do casamento além da memória, são as fotografias”, relata a fundadora. 

O processo de produção dos trabalhos com a assinatura da Bambu Fotografia começa com a busca por conhecer a história e os gostos de cada casal. A equipe valoriza a autenticidade e respeita os limites de cada pessoa, buscando retratar as histórias da forma mais fiel possível. Durante a cerimônia e a recepção, o foco está nas emoções, documentando os verdadeiros sentimentos vividos no momento.

A Bambu Fotografia convida a todos a conhecerem e se encantarem com seu olhar autêntico e poético sobre as histórias de amor. Para mais informações e contato, visite www.bambufotografia.com.br | WhatsApp: 82 98737-1102.

Sobre a Bambu Fotografia:

A Bambu Fotografia é uma empresa que conta com o olhar feminino de Amanda Bambu e Dani Calheiros, duas artistas que trazem uma abordagem única e autêntica para a fotografia de casamento. Com sensibilidade, poesia e atenção aos detalhes, a equipe da Bambu Fotografia busca contar histórias de amor de forma genuína e emocionante. Suas imagens capturam não apenas momentos, mas as emoções e os afetos que permeiam cada celebração. Saiba mais em www.bambufotografia.com.br | WhatsApp: 82 98737-1102. 

6 de agosto de 2023

COLUNA WIL STYLE #118 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

A EXPOSIÇÃO 

A exposição Além da Imagem é composta por um conjunto de 35 fotografias todas produzidas pela técnica da Mobgrafia (Fotografia de smartphone) fruto da formação dos alunos do curso Curso de Formação Inicial e Continuada em Fotografia, oferecido pelo Pronatec, em parceria com a Escola Estadual Campos Teixeira, que foi ministrado pelo professor Roger Silva, também curador da exposição. O trabalho de conclusão terá intervenção artística, tornando as obras híbridas, sobre temas diversos que tratam de questões escolhidas por cada aluno. A abertura acontecerá na próxima quarta-feira, 09 de agosto, na Escola Técnica de Artes da UFAL, às 14;30h, e será aberta para toda comunidade. 

O CONCEITO

“Como interpretar essas imagens? Não precisa, aproveite e deixe-se levar por elas, mergulhe em cada uma sem medo de se afogar, saia um pouco de si e olhe além, reflita sobre as que lhe chamam atenção, veja se tem alguma semelhança com algo real ou, quem sabe, escondido. Tenta também pensar sobre as suas imagens, qual intervenção você faria? Qual fragmento da sua vida precisa ser eternizado em uma imagem? Ou por acaso você tem medo do que vai vê?”, relata o curador e professor Roger Silva.

EXPERIÊNCIA VISUAL 

O que vocês vão ver são micro recortes de realidades ou não, medos, revelações, amores, dores, perturbações e sonhos. Tudo isso mergulhado em técnicas plurais da arte, desde pintura, colagens e intervenções mais abrasivas, fogo que queima sentimentos e sentidos sobre nós e o mundo fora de nós.

FOTÓGRAFOS(AS)

AMANDA BEATRIZ / BÁRBARA NOBRE /BRUNA SANTOS  

DAVID OLIVEIRA / EMILLY MONAlLISA GABRIEL AUGUSTO

GEONIA NOBRE / gilvandson milo / GRAZY OLIVEIRA 

giullianny sales / INGRYD BELTRÃO /NICOLLY CORREIA  

HESHELLEY MARTINS / IGOR SOUZA JEHSSY MELO 

JOÃO RIOS / JOSAILTON SANTOS / KAUÊ DA SILVA 

LAURA SOUZA / LíVIA SENA / MAICON INÁCIO

MARIA IZABELLY / MARINA BARROCA PEDRO PAZ 

FICHA TÉCNICA: 

ADMINISTRAÇÃO: KARINE VIEIRA

COORDENADORA PRONATEC/FIC – ELZA CAVALCANTE

COORDENADORA – ROSANA BONFIM 

DIRETORA E.E CAMPOS TEIXEIRA – CHRISTIANE MATOS 

GERENTE GERAL DO PRONATEC/FIC – RENILDA MARIA  PEREIRA DE MELO

PROFESSOR: ROGER SILVA 

SUPERVISOR: VANILSON COELHO 

SERVIÇOS DIVERSOS: JOELMA BISPO

30 de abril de 2023

COLUNA WIL STYLE #104 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

Nossa coluna abre mais uma vez espaço para cultura, evidenciando a mostra fotográfica “Meu olhar sobre o que me atravessa” sob curadoria do professor e fotoartista Roger Silva. 

SOBRE A EXPO

A I Mostra Fotográfica desenvolvida pelos alunos do Curso de Formação Inicial e Continuada em Fotografia, oferecido pelo PRONATEC, em parceria com a Escola Estadual Drª Eunice de Lemos Campos, aconteceu no dia 28 de abril, nas instalações da instituição de ensino, localizada no bairro do Benedito Bentes. Os trabalhos expostos foram desenvolvidos através das atividades ministradas pelo fotoartista, historiador e professor, Roger Silva, pernambucano radicado em Alagoas.

Foto: Anne Karoline e Pedro Vinicius

LINHA DE ENSINO

O Professor, tem como pilar da sua linha de ensino, estimular os alunos a desenvolverem projetos que fomentem através da fotografia pautas sociais urgentes e necessárias de serem debatidas, afinal, a fotografia é uma ferramenta de linguagem e memória essencial na sociedade. Intitulada de “Meu olhar sobre o que me atravessa” a primeira mostra surge em virtude das narrativas imagéticas dos estudantes. 

Foto: Beatriz dos Santos e Jheneff Kaylane

VOZ DO PROFESSOR 

Roger Silva destacou que “A fotografia nos dá possibilidade de vivenciar experiências extraordinárias, olhar para si, conhecer sua imagem, perceber quem somos é parte essencial para escrevermos um novo capítulo da imagem periférica, estampada como violenta, perigosa, dentre outros adjetivos tão arraigados ao cenário onde vivemos. Se você conseguir sair da bolha, olhar-se, entender-se, aceitar-se, errar e corrigir as rotas, perceberá que existe uma dinâmica estrutural que sempre esteve a serviço dessa construção a base da exploração e morte de corpos periféricos”, relatou.

Foto: Kesya Marilyan e Maria Eduarda

APRENDIZADO 

“As aulas de fotografia me ajudaram a desenvolver um olhar mais crítico e analítico em relação a fotografia permitindo que eu entenda melhor como as imagens são construídas e interpretadas” relatou o aluno João Victor.

Foto: Diego Santos e João Victor

23 de abril de 2023

COLUNA WIL STYLE #103 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

“Nossa coluna abre espaço para cultura, evidenciando as celebrações dos 50 anos de carreira do Diretor alagoano Mauro Braga. Para celebrar a data será feita uma apresentação da peça Piquenique no Front no dia 28.04 no Teatro de Arena”.

ESPETÁCULO 

Mauro Braga é dramaturgo, diretor de teatro, fundador do Grupo Cena Livre e em 2023 está completando 50 anos de carreira. A trajetória que teve início em 1979 perdura com muito sucesso até os dias atuais, e por este motivo, Braga decidiu comemorar da maneira que mais gosta: com muito trabalho.

VIVA AO TEATRO

A Companhia Cena Livre é pioneira na formação de atores descobertos através das oficinas realizadas por Mauro, que junto com a atriz e dramaturga Ana Sofia se doam para a cultura do nosso estado. Para comemorar esse marco na história do teatro alagoano, o mestre preparou 06 espetáculos incríveis, a serem apresentados de março a novembro de 2023. Terão apresentações para todos os gostos, onde toda a família poderá aproveitar e se divertir.

DRAMATURGO EM AÇÃO

Segundo Mauro Braga, “A sensação que tenho é que o tempo voa. Quando a gente trabalha e produz sem parar não sente o tempo passar. Eis que de repente lá se foram cinco décadas. Fui rascunhar minha cronologia artística e dei de cara com nada menos que 59 espetáculos. Nem na pandemia paramos, me reinventei para fazer teatro online pela Secult-AL (projeto DendiCasa). Estes 50 anos representam uma história de vida com muita dedicação ao teatro.”, pontuou.

AGENDA

O projeto de ‘50 Anos de Mauro Braga’ também contempla o registro documental, através de filmagens, fotos e releases jornalísticos, no sentido de enriquecer a própria história do teatro produzido em Alagoas. Além do público espontâneo, cerca de vinte apresentações estão agendadas para o projeto-escola. O Cena Livre, pioneiramente, criou este projeto em 1989. Teatro de Arena Sérgio Cardoso | 28 de abril de 2023 | 20h | Mais informações: (82) 9912.6290 e 99835.8787.