Sem categoria
COLUNA WIL STYLE #87 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE
Sem categoria
COLUNA WIL STYLE #86 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE
Sem categoria
COLUNA WIL STYLE #85 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE
23 de julho de 2022

Moda alagoana em foco!

SENAI Alagoas forma primeira turma do Curso Técnico de Produção de Moda

O prédio da Associação Comercial de Maceió, localizado no bairro de Jaraguá, sediou na quinta-feira (13) a apresentação do desfile de formatura de conclusão do Curso Técnico de Produção de Moda do SENAI Alagoas. A noite foi bastante significativa para a moda alagoana, celebrando as ideias das potências femininas e lançando novos nomes no mercado fashion do Estado. O Coletivo Doma, Projeto de Conclusão de Curso, propôs um olhar para os profissionais da indústria da moda em Alagoas e contou a apresentação das criações das 12 formandas. Representantes do Sindvest, familiares, amigos, professores e imprensa prestigiaram o fashion show. 

O suplemento TUDO ZIK fez uma entrevista exclusiva e coletou depoimentos com cada uma das formandas sobre o conceito dos looks apresentados e os projetos futuros diante da conclusão do curso. Confira! 

Andrea Manso de Araújo (@andreafmanso)

Conceito dos looks: Independência feminina, representada na alfaiataria feminina tradicional e moderna. A conquista da mulher na busca de sua jornada de trabalho e igualdade na sociedade.

Projetos: Comercializar minha própria marca, com tendências e criatividades na alfaiataria, potencializando a costura sob medida em cortes e recortes de alta costura.  

Malú Crisóstomo Leal (@malucrisostomo)

Conceito dos looks:  Como fonte de inspiração, a bem aventurada, a virgem Maria Imaculada, Magnífica. A mulher que silencia, e quando fala, tua voz, Maria, doce melodia, do canto poesia que anestesia como um bálsamo. Mulher, faz-te modesta, vigilante, cautelosa, piedosa, e ao mesmo tempo nobre, alegre, encantadora. Em poucas palavras, seja mulher e anjo em uma só peça. Eis aí o segredo.

Projetos: Criação de marca.

Rafaelly Janine Guedes Sieglitz (@rafaellysieglitz)

Conceito dos looks: Apresentei na passarela a atitude de uma mulher que deseja vestir o que ela quiser e o que faz bem. Uma moda praia cheia de ousadia com muito brilho, pedrarias e correntes. Uma mulher autêntica e pronta para o dia como para a noite, fugindo desse mito de que o beachwear é apenas para ocasiões diurnas. 

Projetos: Quero montar meu ateliê, com certeza, colocar essa habilidade que eu mesmo não sabia que tinha, apaixonada pela customização, e trabalhar com varejo e atacado.

Samilla Alencar (@samillaalencar)

Conceito dos looks: A coleção Alma Leve foi inspirada na mulher de estilo marcante. Mulher madura, segura de si mesma, conectada com a própria essência, que sente que pode ser ela mesma, assumindo sua personalidade delicada e leve. O romantismo das peças é expresso através da modelagem, com as mangas bufantes e os babados, trazendo muita feminilidade e expressando seu poder através das cores fortes.

Projetos: lançar uma marca própria.

Isabelle Mafra (@isabellemafra)

Conceito dos looks: Poder, feminilidade e sensualidade

Projetos: Consultora de imagem e estilo, desenvolvimento e expansão da minha empresa. 

Vanessa Severo (@vanessasevero)

Conceito dos looks: Empoderamento feminino, trouxe um look casual com toques esportivos, mostrando através dele que lugar de mulher é onde ela quiser! Do treino para qualquer lugar!

Projetos: Entrei para levar conhecimento para Severa Fitness, minha loja de Moda fitness e agora com o objetivo traçado em construir a minha própria marca e expandi-la para o mercado da moda nacional e internacional! Sai também do curso como co-founder da Startup ESTILEX – uma consultoria de imagem e estilo que liga o objetivo de cada pessoa às marcas que atendem exatamente o seu perfil, que já passou em 3 editais de aceleração. Saio certa em revolucionar, e levar um novo olhar à Moda de Alagoas!

Raphaela Costa (@raphaelacosta)

Conceito dos looks: Meu processo criativo teve como fio condutor “Eva, a origem feminina”. Tentei retratar nas minhas criações, Eva como o início de tudo. O objetivo era levar para a passarela a mulher como uma criação divina, e ao mesmo tempo uma mulher que quebra regras, que ultrapassa seus limites. Enxergo Eva como uma transgressora, ela foi a primeira mulher a quebrar uma regra. 

Projetos: Pretendo continuar focando no crescimento e desenvolvimento da minha marca SEEYU (@seeyu_br), produzindo uma moda com significado e propósito. E agregado a isso, realizar trabalhos de styling para outras marcas de moda.

Carla Cavalcante (@carlacavalcaante_)

Conceito dos looks: Através das ruas é o tema da minha criação. Foi inspirada na necessidade de abrir espaço no streetwear na presença feminina. Pensei em criar uma marca que veste pessoas — independente do gênero —, mas a partir de um ponto de vista feminino. Foco muito na moda livre de gêneros, não precisamos ajustar nossas escolhas em alguma forma de roupa.  

Projetos em vista após a conclusão do curso:  Montar a minha marca, trabalhar na minha marca pessoal, e focar na produção/stylist da minha marca e de contratantes, em desfiles, clipes, e editoriais.

Mara Carolina (@maramarolina)

Conceito dos looks: O objetivo foi levar a ancestralidade como herança. Uma homenagem às minhas bisavó Antonieta Carolina, tia avó Emília e minha mãe, Edilza, sendo ela quem me ensinou a costurar. A costura sempre esteve presente na minha família e as peças são minha homenagem e agradecimento.

Projetos: Pretendo aplicar o que aprendi no meu trabalho, através da minha marca, a Coloral. O Doma é o projeto que desenvolvemos durante o curso, e também acredito que poderemos potencializar nossos trabalhos e contribuir para a moda local com a plataforma DOMA.

Jéssica Oliveira  (@oliiveirajessica)

Conceito dos looks: Minha coleção traz o tema Marias. As Marias costureiras e bordadeiras do nosso Estado, essas vozes que precisam ser ouvidas. Pensei em saber do óbvio (renda,filé) trazê-las no volume e movimento das peças. E utilizei o material da palha do coqueiro para trazer ainda mais o nosso Estado. 

Projetos: Em meus planos estão: lançar a minha marca e também continuar criando conteúdo de moda para o digital, para ajudar diversas marcas a mostrar sua identidade nas redes.

Ericka Letícia Costa Andrade (@erickalett)

Conceito dos looks: A minha coleção veio trazendo a força latina e como inspiração trouxe uma das maiores estrelas do cenário musical, a Selena Quintanilla. Selena foi uma grande cantora de tejano, ela teve sua vida interrompida muito cedo, mas mesmo assim, deixou um legado incrível de força e determinação.

Projetos: Meu próximo passo agora é fazer a tão sonhada faculdade de moda. 

Carolina Sideri Cardoso (@carol_sideri e @s.i.d.e.r.i)

Conceito dos looks: Minha coleção é pensada na mulher livre e gosta de ser vista por todos; uma mulher empoderada que não tem medo de se expor. Uma mulher diversa que veio ao mundo para “brilhar” e mostrar todo seu poder e feminilidade ao mundo;

Projetos: Lancei no desfile minha marca (Sideri); Uma loja de acessórios e roupas customizadas que tem como objetivo deixar as pessoas mais “iluminadas” com handmade e upcycling.

O suplemento TUDO ZIK é um entusiasta da moda alagoana! 

 

COLUNA WIL STYLE #69 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

4 tendências da moda masculina para o verão 2022/2023

NATUREZA DE VESTIR

As referências à natureza brotaram (literalmente) nas passarelas da temporada. Conjuntos de estampas de florais e folhagens aparecem de maneira inusitada nesta temporada. Destaque para a Loewe por seu experimento de trazer a natureza viva em suas roupas, como o casaco com grama natural que brota de suas tramas.

MINIS NOTÁVEIS

Os shorts de couro curtos vão se tornar hit entre os fashionistas. Na Prada, o shorts curtíssimo de couro ganha zíper duplo. J W Anderson apresentou um modelo em couro estonado rústico e mais longo. Já a Amiri propõe o shorts de couro mais amplo em tom rosa lavado. É uma peça, tem que ter no acervo! 

AMARELOU! 

O amarelo foi personagem importante na paleta de cores das várias marcas. A cor mais quente de todas, brilhou em suas várias tonalidades, da mais fechada à mais reluzente. O protagonismo está presente nas roupas e acessórios que emplacaram o tom com maestria. 

BRAÇOS EM EVIDÊNCIA

A regata voltou de vez! Seja com gola mais alta ou mais cavada, o ítem é peça necessária para enfrentar o verão. Rick Owens trouxe o modelo híbrido onde a alça e o corpo são duas peças que podem ser usadas separadamente, deixando o torso totalmente à mostra. Já Versace apresentou a regata-maiô, vazado nas laterais e costas e justíssima, enquanto Dries Van Noten aposta no corte mais larguinho e street. 

8 de julho de 2022

COLUNA WIL STYLE #68 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

DOAÇÃO DE ROUPAS 

A doação de roupa é uma boa ação que beneficia todo mundo. Quem doa libera espaço e quem recebe agradece, ainda mais em tempos de diferenças sociais tão gritantes na nossa sociedade. As fortes chuvas que assolaram a capital devastaram muitas moradias. Todo mundo tem aquela peça que não serve mais, um casaco, uma calça e afins e, mesmo que não pareça muito, essas roupas podem fazer a diferença para outras pessoas.

DOAÇÃO É IMPORTANTE

Em primeiro lugar, a doação é um ato de desapego. Criamos um afeto desnecessário com alguns objetos e por isso guardamos roupas que nunca mais vamos usar. Nesse caso, não seria muito mais útil entregar essas peças para alguém que realmente vai aproveitar. Outro ponto interessante tem a ver com o nosso senso de civilidade. Compartilhar o que já foi útil para nós é um modo de manter essa chama acessa, criando oportunidades para pessoas com dificuldades financeiras que estão realmente necessitadas.

O QUE DEVO DOAR?

Seja lá qual for a estação do ano, tem sempre uma vestimenta que não serve mais. Então é hora de separar as roupas para doação. Nesse processo, o importante é analisar que tipo de peça você tem e não vai mais utilizar. Esse cuidado é importante para facilitar na hora de direcionar as suas doações. Recolha calças, camisas, shorts, enfim, tudo aquilo que você não precisa mais, separando itens de criança e de adulto. Além disso, pode incluir calçados e meias nesta lista.

JUNTE A FAMÍLIA PARA DOAR 

Quer saber o momento certo para avaliar o que você pode doar? Junte a família e crie o dia da organização dos guarda-roupas em casa. Assim, você promove uma arrumação geral, garante um momento com quem ama e ainda vai saber exatamente o que pode ser doado.

1 de julho de 2022

COLUNA WIL STYLE #67 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

LANÇAMENTO MAN

Por meio da linha masculina da Dior no verão 2023, Kim Jones desenvolveu uma coleção sofisticada, que explora a alfaiataria em uma cartela de cores sóbrias. As modelagens das peças são inspiradas nos esboços e trabalhos pós-impressionistas, as roupas com esse motivo artístico são atemporais e podem transitar entre as temporadas.

PASSOS FASHIONISTAS

A Nike desenvolveu a coleção “Nike Be True 2022”, que celebra a fluidez da comunidade LGBTQIAP+. A coleção é composta por moletons, camisetas, shorts, sandálias e tênis. Para representar a fluidez, a camiseta e o moletom Nike Max 90 possuem um padrão tie-dye exclusivo para cada peça. As peças já estão disponíveis para venda no site da marca. 

T-SHIRT DO BEM 

A Insider, marca de moda de produtos essenciais com apelo esportivo e tecnológico, busca apoiar campanhas que possam gerar um impacto positivo nas pessoas e no planeta, desta vez a causa é o Pantanal. Por meio da mobilização e sensibilização social, a campanha visa arrecadar fundos que serão destinados aos projetos de prevenção e preservação local, considerando a recorrência dos incêndios no Pantanal para os próximos anos. Entre as medidas, estão programas de prevenção de incêndios, reflorestamento, criação de fundo emergencial e produção de um documentário.

CONFORTO STYLE

A Intimissimi lança, em seu e-commerce e lojas físicas, sua coleção de nightwear, os inconfundíveis pijamas e itens everywear da marca, feitos a partir das matérias-primas mais nobres. Para o inverno, a Intimissimi oferece uma nova linha com três tipos de fibras exclusivamente naturais. Pijamas macios e delicados e roupas de casa que combinam conforto e estilo de uma forma única.

24 de junho de 2022

FILÉ EM STYLING COSMOPOLITA

Por decisão unânime do Conselho Estadual de Cultura, o Filé se tornou Patrimônio Imaterial de Alagoas em março de 2014. O Filé é passado como herança entre a maioria dos residentes do histórico bairro do Pontal. De mão e mão os produtos, que chamam a atenção de quem passa pelas ruas, ajudam a complementar a renda da maioria dos artesãos da região. 

A designer Petrúcia Lopes é um dos nomes de grande expressividade no Estado por trabalhar o bordado filé com um olhar super contemporâneo, sempre inovando em modelagens e composições de cores, para imprimir informação de moda em cada criação que leva sua assinatura. 

O editorial, aqui apresentado, foi desenvolvido por alunos da Escola Técnica de Artes (UFAL) e teve como objetivo mostrar como as peças feitas com filé podem ser aplicadas de formas além das de costume, onde geralmente são relacionadas à estética litorânea. A proposta do ensaio se volta para quebrar esse paradigma através de uma apresentação de styling moderna e urbana, inserida no cotidiano. O filé pode e deve ser usado em múltiplas ocasiões. 

 

FICHA TÉCNICA

Produção: Carol Couto 

@_carolcouto_vercosa

Aux. Produção: Carol Mamede 

@carolinnemamede

Stylist: Milena Rayssa

@milenarayssal

Aux. Stylist: João Vitor

@jvitor1315

Peças em filé

@ateliepetrucialopes

Modelo:

@valeriacamerino1

Fotos:

@barbaraacioly

Parceiros:

@josycantarelli_conceptstore

@couro_estilo

@bartzenpremium

@manumake2022

18 de junho de 2022

COLUNA WIL STYLE #65 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

 

Não há uma data exata que marca o surgimento do xadrez mas, há indícios arqueológicos que mostram que a padronagem possa ter sido usada por celtas, antes mesmo de Cristo. No entanto, foram os escoceses que difundiram um dos mais clássicos tipos de xadrez, o Tartã, a partir do século VXII. Desde então, o xadrez ganhou novas cores e padrões, tornando-se um grande clássico da moda. No período junino o print, que atualmente pode transitar entre as temporadas, ganha destaque nos looks dos mais antenados. 

BURBUERRY

Criado e patenteado em 1924 pela grife francesa Burbuerry é um super clássico da moda. A marca de luxo britânica Burberry usa essa padronagem como parte do seu DNA, geralmente na cor camelo e listras vermelhas, marrons e preta.

VICHY

Leva esse nome por ter sido criado na cidade francesa homônima. É um ícone dos anos 1950 e 1960. Seu quadriculado é composto por duas cores, geralmente o branco sendo uma delas. É o xadrez das toalhas de piquenique, que surge repaginado, imortalizado pela famosa Brigitte Bardot. 

PRÍNCIPE DE GALES 

Comum no vestuário masculino e em peças de alfaiataria, esse padrão foi popularizado pelo Duque de Windsor e caracteriza-se por ser mais sutil, com o cruzamento de linhas finas pouco contrastantes com o fundo.  O Príncipe de Gales é sem dúvida um hit. 

GRID

Essa padronagem é moderna, gráfica e vem em formato de grade ou quadriculada, tem uma pegada mais fashionista e é ideal para quem não gosta de padrões. Ela é em sua maioria no P&B, variando entre o fundo branco  ou preto.

 

Coloral: marca afroalagoana, criações que carregam força e representatividade

Alagoas é um solo fétil para muitos talentos, e no campo da moda não é diferente. O Suplemento TUDO ZIK entrevistou Mara Carolina de Lima Galvão, que é um dos talentos expoentes do nosso Estado. Aos 37 anos, Mara é formada em Letras pela UFAL (2008) e mestra em literatura e interculturalidade pela UEPB (2012). Professora de língua portuguesa e literatura brasileira há mais de 10 anos, também desenvolveu atividades nas áreas de cultura brasileira e educação para as relações étnico-raciais. Atualmente é professora na rede pública estadual de Alagoas e integrante do Coletivo Afrocaeté.

A diretora criativa e designer, Mara Carolina de Lima Galvão, da marca Coloral

A alagoana tem desenvolvido um trabalho sensível, mas dotado de muita força, sob a perspectiva da moda afroalagoana, com sua marca Coloral, que tem roupas e acessórios imersos em uma áurea de representatividade e atitude. Confira o interview exclusivo! 

Que caminhos te levaram para trabalhar com o varejo de moda? 

Sempre costurei para mim. Com o tempo fui produzindo para amigos e familiares a pedidos. A necessidade de comercializar as roupas começou quando as demandas aumentaram. E também a possibilidade de fazer do negócio uma renda extra me motivou a criar a marca.

Como se deu a fundação da Coloral?

A Coloral surgiu do fato de fazer minhas próprias roupas. Sempre costurei, mas com o tempo fui vendo a necessidade de vestir roupas que me representassem melhor, enquanto mulher negra, nordestina e alagoana.

Como você define o DNA da sua marca? 

Coloral é uma marca afro alagoana que surgiu numa demanda pessoal e que acabei identificando como coletiva. É uma marca de Alagoas, que tem no nosso povo preto e nas nossas histórias muita inspiração e força. A marca busca valorizar nossas identidades através do vestir.

Sobre seu processo criativo, como funciona? O que te inspira?  

Música, comida, artes, dança, literatura… A inspiração vem de todo lugar do nosso Estado que tenha uma história para contar. Vem da minha família e das histórias que queremos contar para nós e que se cruzam com outras do povo preto daqui. Meu celular está cheio de referências e num bloco de notas guardo ideias, frases e inspirações. A partir daí, construo a imagem do que tenho como base. Também pesquiso sobre o que vem sendo discutido na moda, o que está em voga, o que pessoas que fazem e consomem moda também discutem. É importante criar algo que faça sentido para um grupo, não somente para mim.

O que você deseja transmitir através do seu fazer de moda? 

Acho que no momento ocupo um espaço numa parcela que vem trazendo para moda um olhar mais local. Contribuir para o fortalecimento da identidade afro em Alagoas é o que fortalece o trabalho da Coloral.

Quais os desafios de empreender na capital alagoana? 

São muitos. Temos muitas marcas, muita bagagem, criatividade, mas ainda há desafios quanto a matéria prima, mão de obra e indústria. Muito disso ainda vem de outros estados. Os processos aqui são muito caros, então a gente precisa pensar e repensar para não ter tanta dor de cabeça.

Como tem sido a inserção das estampas africanas no mercado alagoano?

No caso das capulanas e outros tecidos africanos, apesar de ser uma demanda que existe há um bom tempo, ainda temos dificuldades em encontrar pessoas que comercializam o produto. Mas, desde que comecei a trabalhar sempre teve procura. Também percebi um aumento no número de marcas que fazem uso. Quando pensamos em estamparia, e no processo de produção de estampas próprias, ainda vemos poucas criações. Aqui na Coloral estou estudando essa possibilidade.

Sua marca tem um viés de força e representatividade, como essas características são inseridas desde a concepção até a entrega aos consumidores?

As estampas africanas deram esse pontapé inicial. São tecidos muito representativos, um uso que aponta para esse orgulho em ser negra/negro, que reforça a relação com a cultura africana e também dialoga com as identidades locais através de cores e gravuras que remetem a religiosidade de matriz africana, por exemplo. Mas, não ficamos apenas nas estampas. No ano passado, nossa coleção junina teve como inspiração o coco de roda; dentre as peças, tivemos uma saia com babado que me pedem até hoje para produzir. Também aproveitamos para trazer receitas típicas desse período e dentre elas o amendoim com charque, um prato que tem suas origens na comida quilombola, que foi assinada pelo Daniel Toledo, chefe da Okan.  Somos uma marca de roupas e acessórios, mas entendo que a moda não está atrelada somente ao vestir. Na verdade, nos vestimos de muitas coisas para ser quem somos.

Tem alguma criação que gostaria de destacar?

No ano passado fiz os figurinos para o CD de membros do Coletivo Afrocaeté, e diferente de outros processos, foi uma construção coletiva pois procurei trabalhar interferindo minimamente na dinâmica do grupo. As roupas, as cores do tema, tudo foi pensado e discutido em conjunto. Digo isso porque é um espaço onde aprendi muito também, principalmente sobre cultura popular e a relação com o povo negro de Alagoas.

Quais os planos e objetivos para esse ano?

Em meio ao retorno mais intenso de atividades depois de um período confuso com a pandemia, tive a oportunidade de lançar uma coleção em parceria com a C&A e está sendo uma experiência incrível. Participei no ano passado de um edital, o Todes na Moda, cujo intuito era impulsionar empreendedores LGBTQIAP+ e foi um processo muito importante de  crescimento para Coloral. Pude refletir mais sobre a marca e o que desejo para esse trabalho. Esse ano fomos convidados para essa collab e levei o filé alagoano para essa coleção. Queria muito trabalhar com o filé, e vi nesse projeto a oportunidade. Então, é um fruto que ainda estamos colhendo, mas já estamos felizes com muito do que vem sendo construído. Ainda temos trabalho a mostrar então quem quiser conhecer nossos passos sugiro acompanhar nossas redes!

Para ter acesso aos produtos os interessados podem acessar o perfil da marca no Instagram @coloral___ ou por mensagem no WhatsApp (82) 999861667. Pelas redes é possível ver os produtos disponíveis e no WhatsApp também é disponibilizado o catálogo com as peças.

11 de junho de 2022

COLUNA WIL STYLE #64 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

PISANTE

A Olympikus, atuante desde 1975, vem construindo uma longa relação com o esporte brasileiro e o lifestyle, lança agora a família Corre. A nova família de tênis da Olympikus alia design, conforto, tecnologia e estilo. O Corre 2 foi criado integralmente por profissionais brasileiros, com tecnologia 100% desenvolvida no país. Reforçando ainda mais as raízes brasileiras, o novo design do solado foi inspirado nas curvas do leito do Rio São Francisco, ideia do atleta Wellington Cipó, um dos co-criadores.

SUSTENTÁVEL 

A Uma X, linha genderless e sustentável da Uma, lança hoje (01.06) seu novo drop de peças de denim em parceria com a Têxtil Vicunha. Chamada Hemp Denim, a coleção apresenta diversas peças feitas com uma mistura de Algodão Brasileiro Responsável (Algodão ABR) e cânhamo, considerado novidade na indústria brasileira. A coleção já está disponível nas lojas em São Paulo e Rio de Janeiro, mas é possível encomendar as peças pelo e-commerce da marca, que entrega para todo o Brasil. 

FRESCOR FASHION

A Comme des Garçons, marca do Rei Kawakubo, acaba de lançar seu mais novo perfume, o ZERO. A ótima surpresa fica por conta da campanha e do time envolvido. A marca escolheu o Brasil, mais precisamente o estado de Pernambuco, e um time de criativos brasileiros para assinar as imagens do editorial. Estrelada pelo artista Samuel de Sabóia, o vídeo e as fotos exploram o cenário do sertão referenciando entidades naturais e espirituais, dirigidos em parceria com a plataforma Vários Corres.

ACESSÓRIO MUSICAL 

O acessório queridinho das fashionistas no momento é o AirPods Max, da Apple, a versão sem fio e em tamanho maxi do fone de ouvido. Em cinco tons diferentes, o acessório garante o ar despojado, cool e esportivo que uma boa produção para o dia a dia merece. Entre as it’s que estão usando estão nomes como Dua Lipa, Bella Hadid e Camila Coutinho, a tendência é real e vale apostar! 

5 de junho de 2022

COLUNA WIL STYLE #62 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

 

Collab: Balenciaga + Adidas

A sempre subversiva grife Balenciaga anunciou uma icônica collab com a Adidas Originals durante o desfile que apresentou a coleção de primavera 2023. A surpresa também foi divulgada nas redes sociais, nos perfis das marcas, logo após o evento, que aconteceu em uma locação inusitada: o pregão de Nova York, no domingo (25). 

Na passarela, modelos com máscaras de látex desfilaram looks esportivos como conjuntos de agasalhos, shorts, moletom e minivestido que trouxeram uma fusão de suas identidades no logo. Na identidade visual, o icônico trevo da Adidas e suas três listras estavam acompanhadas com o monograma da Balenciaga, algo super tendência entre as colaborações de grifes de luxo.  A coleção estará disponível por apenas uma semana, o luxo acessível para poucos. 

A estética do desfile reproduzia a mesma linha que já havia sido impressa em Kim Kardashian no baile MET Gabia, essa veia tomou conta do pregão, com um exército de modelos de atitude intrigante em looks pretos, numa variação de tudo o que já vimos em coleções anteriores da marca, blusas de seda e ombros exagerados combinadas em saias lápis de couro, sobretudos acinturados sobre calças retas e amplas e calçados pesados. O desfile causou frisson entre os fashionistas.

29 de maio de 2022

COLUNA WIL STYLE #63 – JORNAL TRIBUNA INDEPENDENTE

LOJA CONCEITO

A Prada acaba de abrir pop up no Shopping JK Iguatemi. Chamada de Tropico, a pop up ficará no local até o dia 14 de junho. Muitas listras e cores ilustram o ambiente criado pela label no shopping. Há itens femininos e masculinos, tudo muito pop e atrativo. Uma explosão de floresta tropical estilizada, com centenas de chapéus Prada de várias cores, modelos e materiais crescendo como folhas e flores em verdes troncos e galhos de metal.

COLLAB MUSICAL 

A label Another Place, que surgiu em Recife na metade de 2015 e já levou suas peças genderless para a New York Fashion Week, tem investido em coleções colaborativas, a mais recente é com o cantor Jão que assina uma coleção com a marca. A marca, inclusive, é responsável pelos figurinos da turnê Pirata, incluindo o look de sua estreia no Lollapalooza, em março deste ano.

ALFAIATARIA MODERNA 

Seguindo a série de colaborações da Mindse7, linha da C&A com marcas nacionais focada em tendências de moda, a varejista se une à Dod Alfaiataria, do estilista Jubba Sam para oferecer uma coleção cápsula de 12 peças com inspiração no skate e na alfaiataia sob medida, entre calças de corte reto e com pregas, bermudas, camisetas, jaquetas e um trench coat, em modelagens e tamanhos para diversos corpos e à preços mais acessíveis.

COVER GIRL 

A marca francesa Dior anunciou em suas redes sociais a nova campanha Dior Vibe estrelando a bailarina brasileira Ingrid Silva, que passa a ser a embaixadora da marca, buscando promover as novas bolsas criadas por Maria Grazia Chiuri, chamadas Hobo e Bowling. A Dior Vibe não apresenta apenas bolsas. Ela é uma linha de produtos da marca criados com referências do universo do esporte apresentada na coleção verão 2022.